Pra Você Auto | Culinária | Saúde | Sua Casa

Dez dicas de decoração para quartos pequenos

Dez dicas de decoração para quartos pequenos

1- Cores Claras
 
Cores escuras podem dar a aparência de que o quarto é ainda menor. Portanto, invista em tons claros, que conferem sensação de amplitude.
 
2- Invista em Espelhos
 
Espelhos não servem apenas para conferir a aparência. Na decoração, têm a função de proporcionar aspecto maior aos ambientes.
 
 
3- Cama
 
Gavetas na cama são uma boa opção para ambientes pequenos. Alguns modelos box já vêm com elas. Se não os encontrar, vale até apostar em um colchão box em uma cama convencional.
A cabeceira é um importante item de decoração, que deve harmonizar com o estilo do restante do projeto.
 
4- Abuse das Paredes
 
As paredes de quartos pequenos são grandes aliadas. Abuse delas com detalhes suspensos,  prateleiras e nichos colaboram com a organização.
 
5- Objetos e Roupas de Cama
 
O ambiente claro pode ganhar cores e detalhes por meio de tapetes, roupa de cama, almofadas, cadeira colorida, pufe, quadros. Tudo isso sem exagero, é claro, e com tonalidades complementares. Se enjoar do visual, basta trocar os objetos e tecidos. O aspecto muda sem que se gaste muito.
 
6- TV
 
Colocar a televisão na parede é uma opção para ocupar menos espaço nos móveis. “Mas tem de tomar cuidado com o que vai ligar nela. É importante que se pense onde colocar o DVD, o videogame, o aparelho da TV a cabo”.
 
7- Porta Retratos
 
Porta-retratos podem incrementar a decoração e reavivar memórias. É permitido investir em molduras de modelos e tamanhos diferentes, dependendo do estilo do dono do quarto.
 
8- Facilite a Circulação
 
Encher o quarto de móveis pode atrapalhar a circulação, principalmente em quartos pequenos. Recomenda-se deixar corredores de pelo menos 60 cm nas laterais das camas e em frente aos armários. “Em quartos de solteiro, vale encostar a cama na parede, porque se acaba ganhando espaço para circulação. Fazer isso com cama de casal não fica bom, já que quem dorme ao lado da parede tem dificuldade para se levantar.”
 
9- Organização
 
Quanto menor o ambiente, mais organizado ele deve ser. Objetos jogados, sem espaço para serem guardados, poluem o quarto. Por isso, os móveis precisam de um bom planejamento. 
 
 
10- Móveis
 
Os móveis do quarto podem ser de materiais variados, como madeira e laca. Portas de correr otimizam o espaço, assim como uma bancada de estudo ao lado da cama, que também tem a função de criado-mudo.
 
Decoração com aquários

Decoração com aquários

Além de representarem um hobbie, os aquários estão sendo cada vez mais usados como elementos de decoração. São excelentes para tornar o ambiente mais calmo e relaxante, conferindo beleza natural a qualquer espaço em que se encontrem.
 
As opções de aquários são muitas no mercado. Algumas lojas oferecem até mesmo a possibilidade de escolher todas as dimensões do aquário que será confeccionado, o que permite ao cliente a melhor disposição desse objeto no espaço desejado.
 
Observar peixes no aquário, dizem estudos, ajuda a aliviar o stress e a reduzir a pressão arterial. Sem contar que cuidar de um aquário também pode ser muito divertido. É importante verificar se haverá tempo e disposição dos moradores para fazer a manutenção do aquário. Alimentar os peixes, limpar o aquário e estar sempre atento à temperatura e à qualidade da água são tarefas muito importantes e que devem ser levadas a sério.
 
O aquário não só enfeita o ambiente, ele pode ganhar diferentes funções. Uma delas é ser um divisor de espaços, separando diferentes locais e, como efeito adicional, permitindo que a luz passe. Aquários mais iluminados podem inclusive ser usados para compor a iluminação do ambiente.
 
Não é preciso gastar muito dinheiro nem ocupar grandes porções de espaço (que podem não estar disponíveis) apenas para ter um aquário grande. Aquários de tamanho menor também embelezam o ambiente e são igualmente capazes de dar complemento à decoração e torná-la mais criativa e diversificada. 
 
Fonte:http://www.capitalimoveistv.com.br/noticias/31-decoracao-com-aquarios
Carne vermelha reduz fertilidade masculina, diz estudo

Carne vermelha reduz fertilidade masculina, diz estudo

Uma alimentação nutricionalmente pobre e obesa baixa a fertilidade do homem, segundo pesquisa do Centro de Fertilização Assistida de São Paulo. O estudo ainda sugere que carne vermelha, café e álcool devem ser cortados dos hábitos alimentares.
 
Os pesquisadores sugerem que, para uma maior produção de espermatozoides, a dieta masculina deve ser rica em grãos e frutas. A chance de uma fertilização bem sucedida em indivíduos que seguem essa dieta aumentam consideralmente, de acordo com os dados do Centro.
 
“A concentração de esperma é influenciada negativamente pelo índice de massa corpórea (IMC) e o consumo de álcool, e possivelmente é positivamente influenciado pelo consumo de cereais e pelo número de refeições por dia”,  explica o responsável pelo estudo, Edson Borges.
 
Os pesquisadores estudaram 250 homens que procuraram ajuda por meio da injeção intracitoplásmica de sêmen, um tipo de fertilização in vitro. Cada participante respondeu um questionário sobre hábitos alimentares, álcool e cigarro antes de realizar o procedimento.  Os homens mais saudáveis tiveram mais êxito em engravidar suas mulheres.
Confira todas as dicas...

Próximos eventos e festas

Voltar ao Topo