Pra Você

Auto

Escapamento

Com o uso constante, sofre desgaste provocado pelos resíduos corrosivos de combustível e óleo e deve ser trocado sempre que apresentar buracos ou rachaduras, para não comprometer o bom desempenho do motor. Composto por câmaras de expansão, conversores catalíticos e tubos, é o sistema responsável por recolher e eliminar os gases queimados no processo de combustão no motor, bem como pela redução do nível de ruído produzido por seu funcionamento, graças a um silenciador interno. Ele abafa o ruído do escape. Dentro do silenciador, há tubos perfurados e defletores que desviam o fluxo do gás, reduzindo sua velocidade e a pressão. Isso diminui as vibrações e o ruído.

A lavagem certa para cada situação

Dependendo da situação, alguns cuidados extras devem ser tomados para que seu carro não fique limpo apenas superficialmente. 

A maresia, por exemplo, pode transformar seu carro em pó, devido à corrosão.
 
Veja como cuidar corretamente do seu carro: 
• A lavagem deve ser feita sempre sob a sombra, para evitar manchas na pintura. 
• Não misture querosene à água para lavar a carroceria. O produto danifica a pintura. 
• Lave o carro por partes, de cima para baixo. 
• Use só água e sabão neutro na lavagem. 
• Use sumo de limão para remover manchas de cimento da lataria.
 

Dicas para polir seu carro

Sempre é bom uma camada de cera para seu carro, ela ajuda a proteger a pintura contra ferrugens, sujeiras e do sol. 
 
Mas antes de usa-la veja as seguintes dicas para polir um carro:
 
 
Primeiramente faça uma limpeza profunda no carro por fora.
 
O carro deverá estar na sombra e a lataria não deve estar quente (tirar o carro do sol e colocá-lo na sombra não adianta; é preciso esperar que a lataria esfrie).
 
A cera só fará efeito quando secar, porém não deixe o produto secar por muito tempo.
 
Não passe a cera no carro inteiro para depois polir tudo.
 
Aplique-a e faça o polimento por partes (uma porta, o capô, por exemplo).
 
Passe a cera na parte escolhida com uma flanela (limpa e macia), lentamente e de forma circular.
 
Espere um tempo prudencial (ou o indicado na embalagem) e remova o produto com outra flanela limpa e seca, até o brilho aparecer. Não devem ficar restos de cera.
 
Ao terminar, dê um polimento geral.

Amortecedores: como usar, quando trocar, como aumentar a sua vida útil.

Os amortecedores são muito importantes no nosso carro. Eles são responsáveis por controlar e diminuir o balanço e as oscilações que o carro sofre
Os amortecedores são muito importantes no nosso carro. Eles são responsáveis por controlar e diminuir o balanço e as oscilações que o carro sofre. Apenas lembramos do amortecedor quando ele está ruim. O nosso conforto sai bem prejudicado.
 
Quem dá o molejo e o conforto do carro é a mola, mas sem a ajuda do amortecedor, a cada vez que se passasse em cima de uma lombada, o carro ficaria balançando por um bom tempo, o que seria bem irritante.
 
O amortecedor trata de fazer com que o balanço da mola pare rapidamente. Como podemos fazer para que o amortecedor tenha uma maior vida útil? Como devemos usar o carro para que ele seja menos prejudicado e continue funcionando bem?
 
Uma coisa importante a fazer é escolher caminhos mais suaves. Se você pode chegar até a sua casa por uma rua de asfalto e outra de paralelepípedos, você já sabe qual delas deve usar para desgastar menos o amortecedor, é óbvia a escolha.
 
Se os amortecedores tiverem que trabalhar menos, vão poder durar mais. Se tiver que passar por uma rua ruim, sem alternativas, escolha fazer isso devagar. O mesmo vale para as lombadas, passe por elas sem pressa.
 
Para sermos mais gentis com nossos amortecedores, temos sempre que verificar todo o conjunto da suspensão. Se ela estiver boa, não vai maltratar eles. Verifique as buchas. SE tiver alguma rachada ou gasta, tem que trocar.
 
As molas também devem estar boas. Se tivermos molas que já passaram da hora da troca, elas vão cair, ou seja, sustentar menos o carro. Com isso, o veículo inteiro estará apoiado em cima dos amortecedores, o que vai fazer com que eles se gastem bem rápido.
 
Quando trocar os amortecedores? Algumas marcas dizem que temos de fazer a troca a cada 30.000 quilômetros, mas isso nem sempre é necessário. Se o uso que você faz do carro é sempre suave, ou se você sempre anda em estrada, pode ser que eles durem o dobro disso, tranquilamente.
 
E como saber se os amortecedores estão bons? Balance um canto do carro, tanto da dianteira quanto da traseira, empurrando aquela parte com força para baixo. O carro deverá balançar no máximo uma vez.
 
Se ele balançar mais do que isso, os amortecedores não estão bons mais. E prepare-se, pois eles são meio caros. E a idéia de que as molas são mais baratas é errada. Elas muitas vezes custam 80% do valor do respectivo amortecedor.
 
 
Fonte: http://www.itatotal.com.br/dicas-automotivas-visualizar.asp?cod=18

Culinária

Jujuba de goiaba

Dissolver o cremor tártaro na água
Reservar
Misturar 80g de açúcar refinado com a pectina
Descascar, retirar o miolo e picar as goiabas e as maçãs
Se necessário, juntar um pouco de água, o mínimo possível
Bater as goiabas com as maçãs no liquidificador
Levar a mistura ao fogo até atingir 40ºC
Juntar a mistura de pectina e açúcar e ferver
Juntar então a glucose e o restante do açúcar
Cozinhar até atingir 107ºC
Juntar a solução de cremor tártato e água e misturar bem
Despejar imediatamente sobre uma assadeira untada com óleo e resfriar em temperatura ambiente
Depois de fria e firme cortar em cubos e passar pelo açúcar cristal

Saúde

Relação entre sono e obesidade

Sabemos que a genética desempenha um fator importante na determinação do peso corporal, ou seja, se um indivíduo tem uma “tendência” ou predisposição a ser mais magro ou não. Entretanto, os fatores ambientais como hábitos alimentares ruins e sedentarismo são considerados como principais vilões em relação aos índices crescentes de obesidade vistos em todo o mundo.
 
Entre as variáveis importantes que determinam o peso corporal destaca-se também a capacidade de uma pessoa dormir adequadamente à noite ou o que se chama: “padrão de sono noturno”. Acredita-se que um sono ruim teria papel central na predisposição a ganho de peso e até possa prejudicar o emagrecimento. Infelizmente, o número de jovens adultos com duração de sono inferior a sete horas por noite é muito alto (quase 40%).
 
De acordo com a endocrinologista Claudia Chang, “diversos estudos indicam que pessoas que dormem menos de 6 horas por noite têm maior chance de se tornarem obesas”.
 
Existem alguns distúrbios do sono, por exemplo, como a síndrome de apnéia obstrutiva do sono, na qual a pessoa tem pausas respiratórias, às vezes prolongadas, durante o sono associado em geral a ronco, e que segundo Claudia Chang, “leva a uma grande dificuldade de perda de peso e pior, até ganho!” Isto acontece porque durante o episódio da apnéia, há a parada do fluxo respiratório, liberação de hormônios (insulina, adrenalina, cortisol) que geram ganho peso. ”Sim, é como se estivéssemos comendo um bolo de chocolate enquanto dormimos”, exemplifica a endocrinologista.
 
“O reconhecimento, então, da síndrome de apnéia obstrutiva do sono é fundamental em pessoas que querem perder peso ou não estão conseguindo e seu tratamento não somente ajuda no processo de emagrecimento, mas também auxilia no controle da pressão arterial e até do diabetes, quando presentes”.

Como manter o peso

Para manter o peso foi desenvolvido um trinômio que traz resultados permanentes para você. O tratamento para a perda de peso e sua manutenção baseia-se em três pilares: reeducação alimentar, exercícios físicos e estabilidade emocional.

A reeducação alimentar é um processo de aprendizagem exercido através de orientações nutricionais específicas, onde o indivíduo conhece e aprende novos hábitos alimentares, proporcionando a escolha correta dos alimentos das suas refeições, tanto em nível qualitativo quanto quantitativo.
 
Reeducação alimentar não é regime, mas a forma de resgatar o verdadeiro sentido da alimentação: nutrir o corpo de maneira mais saudável possível. Pode ser aplicada em pessoas que possuem hábitos alimentares inadequados, com caráter preventivo e terapêutico.
 
A atividade física de qualidade deve ser devidamente monitorada. Não adianta nada tentar corre no parque um dia e nunca mais aparecer por lá. A orientação de um médico ou de um professor de educação física é essencial para que você perceba seus limites. Segundo alguns profissionais, 40 minutos diários de caminhada já são de grande auxílio.
 
Além da caminhada, os exercícios bons para perder peso são natação, corrida, bicicleta e ginástica aeróbica. Exercícios como musculação e ginástica localizada são ineficientes para ajudar na perda de peso. Servem para definir a musculatura e evitar a flacidez.
 
Os fatores psicológicos são importantes para perder peso e manter o peso perdido. A força de vontade de que tanto se fala, reside muito no fato de você procurar e assegurar uma estabilidade emocional que lhe permita “enfrentar” as mudanças de hábitos que se submeteu, e chegar ao fim a que se propôs.
 
Na verdade, a força de vontade não é uma questão de querer somente. Racionalmente a pessoa está com sobrepeso quer (e precisa) emagrecer, mas os seguidos fracassos que experimentou em tentativas de diferentes dietas diminuem sua força de vontade. Por isso, muito mais do que querer é preciso persistir.
 
Uma das formas de fazer essa força de vontade prevalecer é valorizar as menores conquistas. Isso reforça muito a auto-estima e se converte em uma ferramenta importante na luta contra o sobrepeso.
 
Com o trinômio (alimentação equilibrada, exercícios físicos e estabilidade emocional) pode-se, sim, manter um peso saudável.
 

Não deixe a maquiagem envelhecer você

 

Quando você era criança, uma de suas brincadeiras preferidas era pegar as maquiagens da sua mãe e se pintar para parecer mais mocinha (mesmo que, na verdade, o resultado final fosse de um palhaço)? A maquiagem faz parte da vida de todas as meninas desde pequenas, sendo que ela tem um alto poder de transformação e deve ser usada com sabedoria para não criar um visual errado.
 
Quando a mulher é mais jovem, a maquiagem é um trunfo usado para parecer mais velha. Já quando atingimos certa idade, o make pode e deve ser usado como um aliado para proporcionar uma aparência mais jovial.
 
Se você acha que o seu make está lhe deixando com o visual envelhecido, é preciso ficar atenta a alguns pontos que estão causando isso. Por exemplo: pesar a mão na base e usar muito lápis preto nos cílios inferiores são alguns dos erros cometidos.Além disso, uma pele ressecada e maltratada também contribuiu para que a maquiagem não tenha um bom efeito. É necessário cuidar bem da epiderme com esfoliação, tonificação e hidratação com produtos adequados. O uso do filtro solar é imprescindível para prevenir danos na pele, valendo para mulheres de todas as idades. Tomando esses cuidados, o make será bem aproveitado e trará um resultado mais saudável e bonito.
 
Além desses fatores, na hora de se maquiar é importante seguir alguns truques importantes, que valem muito na hora de ficar mais bonita, sem que a maquiagem envelheça a sua aparência. Confira abaixo algumas dicas valiosas que o TodaEla separou para você e quais erros evitar:
 
Não aplique lápis preto nos cílios inferiores. O uso do produto dessa forma pode deixar os olhos mais caídos e menores, além de atrair a atenção para olheiras, flacidez e linhas de expressão. Prefira usar o lápis (preto ou marrom) na pálpebra superior como um delineador, realçando os cílios com rímel. Assim você levanta o olhar, fazendo os olhos parecerem maiores e destacados;Não exagere na base, deixando o efeito “reboco”. Não tem como ficar bonita com aquele visual de “massa corrida” na pele, não é verdade? Tenha você 15, 20, 30 ou 40 anos, seja qual for a sua idade, pesar a mão numa base muito densa não é legal e envelhece demais a aparência. Para um look mais suave e jovem, hidrate a pele normalmente, use um primer (se necessário) e prefira uma base mais fluida e translúcida. Espalhe bem o produto com a ajuda de uma esponjinha, observando atentamente se a pele ficou homogênea e natural;
Use o corretivo com moderação. Utilizar muito corretivo nas olheiras, por exemplo, pode criar uma camada grossa do produto, que acabará ficando marcada, chamando ainda mais atenção para a imperfeição. Aplique o produto com leves batidinhas para um efeito mais suave. Lembre-se também de não escolher um tom muito mais claro do que o da base para não ficar com o visual “panda”;O uso de muito pó também causa um visual pesado, formando linhas nas áreas expressivas do rosto. E não é isso que você deseja, certo? Passe apenas umas pinceladas leves para tirar o brilho da pele;
Fique atenta a cor da sua base. Não utilize uma tonalidade muito mais clara do que o tom da sua pele. Isso envelhece e cria o efeito “máscara” ou mesmo o “fantasma”, que é pior ainda... Muita gente só se dá conta do erro depois de ver alguma foto assustadora do visual de cara branca. Então, não arrisque e use a base que combine com o seu tom de pele;
O uso do blush deve ser suave e natural. Evite marcar demais o rosto com o produto com traços fortes que vão das têmporas até as bochechas. Isso só funciona em desfiles e editorias de moda. Para o dia a dia ou mesmo em produções de balada, o blush aplicado levemente nas maçãs do rosto com cores mais neutras é a opção mais acertada, deixando o visual saudável, jovem e elegante. Prefira tons como o rosa queimado e o pêssego;
Apesar de ser ótimo para levantar o olhar, o uso da máscara de cílios deve ser moderada, pois em grande quantidade o produto pode acabar ressaltando linhas de expressão e deixando o olhar pesado. Não exagere nas camadas e passe o suficiente para dar um destaque à área. Rímel aplicado exageradamente também pode deixar bolinhas e engrossar demais os cílios, o que prejudica o visual;
O delineador é um bom aliado para deixar o olhar mais bonito. Prefira as versões em pó para serem aplicadas com pincel chanfrado. Assim você controla melhor a quantidade e o produto não irá pesar nas pálpebras;As sobrancelhas também merecem destaque, mas sem exageros. Realce-as levemente com uma sombra do mesmo tom dela, apenas para cobrir possíveis falhas e marcá-las de forma discreta e elegante;
Apesar de serem tendências fortes de maquiagem atualmente, as sombras de tons brilhantes e metalizadas podem envelhecer o olhar, ressaltando mais as linhas e a flacidez das pálpebras. Prefira sombras opacas e matte de tons mais neutros. Para dar uma levantada no olhar e iluminar, uma sombra clara (nude ou creme) logo abaixo das sobrancelhas também é uma boa dica;Na hora de escolher um batom que deixará seu visual mais jovem, deixe os escuros e metálicos de lado e prefira os mais neutros, como os rosados, de tons terrosos e nude, com um toque leve de gloss para aumentar os lábios.Seguindo essas dicas, você pode aproveitar o melhor da maquiagem, que é deixá-la ainda mais bonita e jovem. O importante é respeitar o perfil de sua idade e usar a maquiagem sem exageros, a fim de valorizar a sua beleza natural.

Como tratar e controlar a ansiedade.

O que são transtornos de ansiedade generalizada?

Pessoas com transtornos de ansiedade generalizada passam o dia cheias de preocupações e tensões exageradas, ainda que tenha pouca coisa ou nada provocando isso. Elas antecipam desastres e são profundamente preocupadas. Algumas vezes só pensar em viver o dia já produz ansiedade.

Os transtornos de ansiedade generalizada são diagnosticados quando a pessoa preocupa-se excessivamente sobre uma variedade de problemas cotidianos por pelo menos 6 meses. Pessoas com transtornos de ansiedade generalizada não conseguem se livrar de suas preocupações, mesmo que percebam que a sua ansiedade é mais intensa do que seria esperado pela situação.

Pessoas com transtornos de ansiedade generalizada não conseguem relaxar e têm dificuldade de concentração. Muitas vezes, as pessoas com transtornos de ansiedade generalizada têm dificuldade para dormir. Sintomas físicos que geralmente acompanham a ansiedade incluem fadiga, dor de cabeça, tensão muscular, dores musculares, dificuldade de engolir, tremedeira, irritabilidade, sudorese, náusea, ir ao banheiro freqüentemente, sentir falta de ar, e ter ondas de calor.

Os transtornos de ansiedade generalizada afetam duas vezes mais as mulheres do que os homens. Como tratar e controlar a ansiedade Quando o nível de ansiedade é normal, as pessoas podem interagir socialmente e manter um trabalho. Já em casos de ansiedade severa, a pessoa tem dificuldade de desempenhar simples atividades rotineiras. Os transtornos de ansiedade generalizada são geralmente tratados com medicamentos e psicoterapia cognitiva comportamental, porém também deve-se tratar condições coexistente, se elas ocorrem, como alcoolismo e depressão.

Se você acha que tem muita ansiedade deve procurar um clínico geral que poderá determinar se os sintomas são de transtornos de ansiedade generalizada, de outra condição médica, ou de ambos. Se o transtorno de ansiedade generalizada for diagnosticado, o paciente geralmente é encaminhado a um médico especialista na saúde mental para que possa tratar e controlar seus sintomas.

Uma vez começado o tratamento com medicação, é importante nunca interrompê-la abruptamente. Certos remédios devem se descontinuados gradualmente sob supervisão médica, ou reações adversas podem ocorrer. Dicas para ajudar a tratar e controlar a ansiedade mais eficientemente.

Muitas pessoas com transtorno de ansiedade generalizada se beneficiam de juntar-se a um grupo de ajuda e compartilhar seus problemas com outros. Conversar com um amigo de confiança pode lhe dar apoio. Meditação e técnicas de controle de estresse podem ajudar pessoas com ansiedade a se acalmar e elevar os efeitos do tratamento. Há evidência preliminar também de que exercício físico aeróbico pode ter um efeito calmante. Porém, tudo isso não é substituto do tratamento médico profissional. Uma vez que cafeína, certas drogas ilícitas e até alguns remédios vendidos sem prescrição médica podem agravar os sintomas dos transtornos de ansiedade generalizada, eles devem ser evitados. Verifique com seu médico antes de tomar qualquer remédio adicional. A família é muito importante para ajudar uma pessoa a tratar e controlar a ansiedade. A família deveria dar apoio e não trivializar o transtorno de ansiedade ou cobrar melhoras sem tratamento. Tratamento do transtorno de ansiedade Remédios podem ser combinados com psicoterapia para tratar e controlar transtornos de ansiedade, e esse é o melhor método para muitas pessoas. Como tratar e controlar a ansiedade com remédios e medicamentos. Os remédios não curam o transtorno de ansiedade, mas podem o controlar enquanto a pessoa recebe psicoterapia. A medicação deve ser prescrita por um médico, geralmente um psiquiatra, o qual pode oferecer psicoterapia ou indicar alguém para realizá-la. Como tratar e controlar a ansiedade com psicoterapia.

A psicoterapia envolve conversar com um profissional treinado, psiquiatra ou psicólogo, para descobrir o que causa o transtorno de ansiedade e como lidar com seus sintomas. A psicoterapia cognitiva comportamental geralmente é muito útil para tratar transtornos de ansiedade. Para ser eficiente, a psicoterapia cognitiva comportamental deve ser direcionada às ansiedades específicas da pessoa e deve ser moldada às suas necessidades. Não há efeitos colaterais, a não ser o desconforto da ansiedade temporariamente aumentada. A psicoterapia cognitiva comportamental deve durar pelo menos 12 semanas.

Fonte:Biolab

Link:http://biolablab.com.br/site/index.php/component/k2/item/113-como-tratar-e-controlar-a-ansiedade

Sua Casa

Quiosques

Se você gosta de novidades e construções diferentes e está construindo ou reformando a sua casa, e ela possui bastante espaço, faça um Quiosque em sua casa, eles são super modernos, e você vai ter em sua casa um espaço super aconchegante e bonito.
Os Quiosques Residenciais podem ser construídos próximo a piscinas, canto do jardim, no quintal de sua casa e podem ser construídos de várias formas, por exemplo, como uma área de churrasqueira, um pequeno salão de festa, um espaço para descansar com redes e bancos.
 
Os quiosques podem ser construídos com diversos tipos de materiais, isso vai depender da sua situação financeira e também do seu gosto e estilo, eles podem ser construídos de alvenaria com telhas, madeira e palha, sapé ou piaçava isso você é quem vai escolher, eles também podem ser de forma retangular ou circular.
 
Se você deseja fazer um quiosque para área de churrasqueira utilize a madeira e telha, pois a palha não é aconselhável, devido ser um espaço que vai lidar bastante com o fogo.
 
Você escolhe o modelo, se for próximo a piscina os de palha caem super bem, coloque bancos de madeira e vai ser um excelente lugar para receber os amigos, use a sua criatividade e deixe o quiosque de sua casa, um espaço super aconchegante e bonito.
 
Fonte: http://cafebox.com.br/dicas-de-quiosques-residenciais-modelos-e-sugestoes-e-fotos/

decoração para banheiros

 

Os banheiros costumam ficar em segundo plano quando o assunto é decoração. No entanto, pequenos cuidados já podem torná-los mais práticos, aconchegantes, bonitos e com aspecto maior.
 
O ambiente pode ser claro e básico, mas ganha um novo visual com detalhes coloridos (sem exagero) por meio de tapetes, vasos, toalhas. Faixas e pastilhas dão cara moderna ao ambiente. Para evitar problemas com a umidade, invista em móveis revestidos externamente com MDF, folhas de madeira, fórmica.

Segredos para uma sala bonita e organizada

 

você consegue abrir e fechar com facilidade todas as portas dos armários que estão na sua sala? Se a resposta for negativa, alguma coisa está sobrando…
Colocar mais objetos do que um espaço pode receber é comum, mas pense bem: a sobrecarga de enfeites e móveis atravanca a passagem, impede a rapidez na limpeza e pode até estragar aparelhos eletrônicos, causando curtos-circuitos e reduzindo a vida útil deles.
 
Veja como deixar esse ambiente – que funciona como cartão de visitas da sua casa – impecável. E ganhe espaço trocando a bagunça pela ordem. Clique em “leia mais“!
 
 
8 segredos para uma sala bonita e organizada:
 
1. Antes de sair para trabalhar, abra as cortinas para a luz do sol entrar em sua sala.
 
2. Invista em cortinas leves e claras, de renda ou voil, e, por baixo, aposte num tecido escuro e opaco, de sarja ou tergal. O forro grosso bloqueia os reflexos de luz sobre a TV.
 
3. Escolha um rack liso, revestido de fórmica e com portas de vidro. Esse modelo junta menos pó.
 
4. Fuja das mesas ovais ou redondas, que ocupam muito espaço e dificultam a passagem. Aposte em um móvel retangular ou quadrado. Se precisar ganhar espaço na sala, encoste uma das laterais da mesa na parede e use as que ficarem livres.
 
5. Dispense o tapete sob a mesa de jantar. Inevitavelmente, restos de comida e bebida vão parar nele, deixando manchas e atraindo ácaros e bactérias.
 
6. Deixe a estante em ordem! Equipamentos eletrônicos como TV, DVD e som não são estantes. Então, nada de colocar toalhas e vasinhos em cima deles – isso diminui sua vida útil.
 
7. Descarte alguns enfeites. Você não precisa expor todos os enfeites que ganha, selecione só aqueles de que mais gosta. O excesso de miudezas acumula pó e dificulta a limpeza.
 
8. Encaixote a bagunça: coloque os objetos de menos uso em caixas de madeira ou papelão. Nas lojas de artesanato há modelos baratos, de MDF ou compensado, que podem ser pintados a seu gosto. Outro jeito de deixar as caixas bonitas é encapá-las com papel de presente ou um retalho de tecido.

 

Voltar ao Topo