Pra Você

Auto

A lavagem certa para cada situação

Dependendo da situação, alguns cuidados extras devem ser tomados para que seu carro não fique limpo apenas superficialmente. 

A maresia, por exemplo, pode transformar seu carro em pó, devido à corrosão.
 
Veja como cuidar corretamente do seu carro: 
• A lavagem deve ser feita sempre sob a sombra, para evitar manchas na pintura. 
• Não misture querosene à água para lavar a carroceria. O produto danifica a pintura. 
• Lave o carro por partes, de cima para baixo. 
• Use só água e sabão neutro na lavagem. 
• Use sumo de limão para remover manchas de cimento da lataria.
 

Trocas de pneus

Vamos falar a verdade. Pneu é “caro pra chuchu”. Às vezes, só se tem o dinheiro para trocar dois pneus e não os quatro, como é o ideal. Neste caso, o que fazer? 
 
A maioria das pessoas troca os pneus dianteiros. Errado. 
 
Luciano Burti foi até um campo de provas de um grande fabricante de pneu, em Paulínea, interior São Paulo, para fazer o teste. 
 
Primeiro um carro circula com os pneus carecas atrás e os novos na frente. Ao entrar numa curva, com a pista molhada o carro perde o controle. “Se estivéssemos em uma rua e não em um campo de provas, um acidente poderia ter acontecido”.
 
Agora invertemos: os pneus carecas na frente e os novos atrás. “Não acontece nada, o carro não escapa e o carro mantém a sua trajetória. Quando você opta por trocar só dois pneus, a melhor opção é colocar os novos no eixo traseiro”.

Escapamento

Com o uso constante, sofre desgaste provocado pelos resíduos corrosivos de combustível e óleo e deve ser trocado sempre que apresentar buracos ou rachaduras, para não comprometer o bom desempenho do motor. Composto por câmaras de expansão, conversores catalíticos e tubos, é o sistema responsável por recolher e eliminar os gases queimados no processo de combustão no motor, bem como pela redução do nível de ruído produzido por seu funcionamento, graças a um silenciador interno. Ele abafa o ruído do escape. Dentro do silenciador, há tubos perfurados e defletores que desviam o fluxo do gás, reduzindo sua velocidade e a pressão. Isso diminui as vibrações e o ruído.

Dicas de como dirigir na chuva

 

Um dos grande problema na hora de dirigir é a chuva. Todos os motoristas sentem muitas diferenças de dirigir em uma pista molhada e em uma seca. Enquanto está chovendo as ruas ficam mais escorregadias e isso causa perca de estabilidade do automóvel. A sua atenção deverá ser redobrada ao dirigir em pista molhada. Em dias assim sua visibilidade é bem menor e a probabiliade para que existam acidentes de trânsito são consideravélmente maiores.  Se possível, não saia para dirigir na hora que está chovendo. Abaixo algumas dicas para te ajudar em tempos assim.
 
Quando começar a chover é bom você desacelerar o carro. Ande mais devagar para que ele possa ter mais contato com o solo., se o carro não estiver estável pode acontecer a “aquaplanagem” que faz o pneu perder contato com o solo e você não conseguirá o conduzi-lo bem. A estabilidade cai muito nos dias de chuvas.
 
Sempre que estiver chovendo ligue os faróis, pois eles te ajudarão na visibilidade e também  ajudarão a guiar o carro que estiver atrás de você.
 
Nunca se esqueça de ligar o limpador de pára-brisa.
 
Quando a chuva estiver muito forte ou se você não estiver enxergando 30 metros a sua frente reduza a velocidade do seu carro para 15 km/h ou pare.
 
Não freie rapidamente, pois isso poderá fazer com o que o seu carro rode.
 
Verifique pelo retrovisor se o seu pneu está deixando algum rastro grosso no asfalto significará que ele está bom, mas se ele não estiver marcando significa que já está na hora de trocar.
 
Essas são algumas dicas que te auxliarão em quanto estiver dirigindo na chuva, e você nunca deve deixar de prestar muita atenção no trânsito, principalmente em dias de chuvas. Dirija sempre para você e para os “outros também”.
 
Fonte:
http://clikaki.com.br/dicas-de-como-dirigir-na-chuva/

Culinária

Molho de Camarão Delicioso

Lave bem os camarões com água corrente e limão e deixe escorrer até secar completamente. 
Retire as cascas do camarão e reserve.
Limpe os camarões tirando as tripas de cima e de baixo.
Lave os camarões tratados novamente com água corrente e limão e deixe escorrer até secar completamente.
Tempero os camarões com tempero pronto e deixe descansar por 10min.
Numa panela coloque um pouco de azeite de oliva, as cascas do camarão, um pouco de tempero pronto e a água filtrada.
Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo até que as cascas fiquem bem avermelhadas.
Coe em peneira fina reservando o caldo.
Noutra panela, coloque o camarão no azeite de oliva, já quente, em fogo brando, e deixe que o camarão solte sua água até estar cozido.
Tire o camarão com uma escumadeira, reservando o caldo.
Cuidado, não deixe demorar demais para o camarão não ficar duro.
Normalmente são 3min em média, até que o camarão adquira uma cor avermelhada.
Misture os dois caldos reservados com o molho de tomate.
Adicione as folhas de manjericão e o tomate e a cebola em cubos e deixe cozinhar em fogo baixo por 03min após a fervura.
Adicione o camarão por mais um tempo só para aquecer e desligue o fogo.

Saúde

Refrigerantes: Um Problema para os Dentes

 

Nas diversas regiões do Brasil, as pessoas usam palavras diferentes para identificar um refresco adocicado e gaseificado — o refrigerante. Porém, não importa o nome que se use, trata-se de algo que pode provocar sérios problemas de saúde bucal.
 
Os refrigerantes destacam-se como uma das fontes mais importantes de cárie dental presentes na dieta, atingindo pessoas de todas as idades. Ácidos e subprodutos acidíferos do açúcar presente nos refrigerantes desmineralizam o esmalte dental, contribuindo para a formação das cáries. Em casos extremos, o esmalte desmineralizado combinado com escovação inadequada, bruxismo (hábito de ranger os dentes) ou outros fatores pode levar à perda dental.
 
Bebidas sem açúcar, que respondem por apenas 14 porcento do consumo total de refrigerantes, são menos prejudiciais. Entretanto, elas são acidíferas e têm potencial para causar problemas.
 
O Que Fazer
 
Crianças, adolescentes e adultos podem se beneficiar com a redução do número de refrigerantes que consomem, e também com as terapias bucais disponíveis. Eis algumas medidas que você pode tomar:
 
- Substitua o refrigerante por bebidas diferentes: Tenha na geladeira bebidas que contenham menos açúcar e ácido, como água, leite e suco de fruta 100% natural. Ingira essas bebidas e estimule seus filhos a fazer o mesmo.
- Enxágüe a boca com água: Depois de consumir um refrigerante, faça um bochecho com água para remover vestígios da bebida que possam prolongar o tempo que o esmalte fica exposto aos ácidos.
- Use creme dental e solução para bochecho com flúor: O flúor reduz as cáries e fortalece o esmalte dental, portanto escove com um creme dental que contenha flúor, como o Colgate Total® 12. Fazer bochechos com uma solução com flúor também pode ajudar. Seu dentista pode recomendar um enxaguatório bucal que você compra na farmácia ou supermercado ou prescrever um mais concentrado dependendo da gravidade do seu problema. Ele também pode prescrever um creme dental com maior concentração de flúor.
- Faça aplicação de flúor com o profissional: Seu dentista pode aplicar flúor na forma de espuma, gel ou solução.Os refrigerantes são implacáveis com seus dentes. Reduzindo a quantidade que você ingere, praticando uma boa higiene bucal e buscando ajuda com seu dentista e higienista, você pode neutralizar seus efeitos e usufruir de uma saúde bucal melhor.
 
 

Alimentos que oferecem mais energia

Em algumas situações pertinentes do nosso cotidiano, nos deparamos com a necessidade de fazer mais esforços, o que acaba demandando mais energia. Muitas pessoas acabam recorrendo à alguma vitamina, ou até mesmo, não dando a importância devida para esse tipo de problema que poderia ser resolvido de uma maneira simples, uma dela é: Ingerindo Alimentos que oferecem energia e disposição. Por isso listamos alguns alimentos energéticos:

Ovo: ajuda na recuperação dos esforços físicos
 
Salmão: auxilia na reconstrução muscular
 
Leite: tonifica os músculos
 
Couves, Espinafres, Açaí, Cenoura, Vagem, Rabanete, Tomate, Morango, Abóbora, Repolho, Laranja, Tofu.
 

Como manter o peso

Para manter o peso foi desenvolvido um trinômio que traz resultados permanentes para você. O tratamento para a perda de peso e sua manutenção baseia-se em três pilares: reeducação alimentar, exercícios físicos e estabilidade emocional.

A reeducação alimentar é um processo de aprendizagem exercido através de orientações nutricionais específicas, onde o indivíduo conhece e aprende novos hábitos alimentares, proporcionando a escolha correta dos alimentos das suas refeições, tanto em nível qualitativo quanto quantitativo.
 
Reeducação alimentar não é regime, mas a forma de resgatar o verdadeiro sentido da alimentação: nutrir o corpo de maneira mais saudável possível. Pode ser aplicada em pessoas que possuem hábitos alimentares inadequados, com caráter preventivo e terapêutico.
 
A atividade física de qualidade deve ser devidamente monitorada. Não adianta nada tentar corre no parque um dia e nunca mais aparecer por lá. A orientação de um médico ou de um professor de educação física é essencial para que você perceba seus limites. Segundo alguns profissionais, 40 minutos diários de caminhada já são de grande auxílio.
 
Além da caminhada, os exercícios bons para perder peso são natação, corrida, bicicleta e ginástica aeróbica. Exercícios como musculação e ginástica localizada são ineficientes para ajudar na perda de peso. Servem para definir a musculatura e evitar a flacidez.
 
Os fatores psicológicos são importantes para perder peso e manter o peso perdido. A força de vontade de que tanto se fala, reside muito no fato de você procurar e assegurar uma estabilidade emocional que lhe permita “enfrentar” as mudanças de hábitos que se submeteu, e chegar ao fim a que se propôs.
 
Na verdade, a força de vontade não é uma questão de querer somente. Racionalmente a pessoa está com sobrepeso quer (e precisa) emagrecer, mas os seguidos fracassos que experimentou em tentativas de diferentes dietas diminuem sua força de vontade. Por isso, muito mais do que querer é preciso persistir.
 
Uma das formas de fazer essa força de vontade prevalecer é valorizar as menores conquistas. Isso reforça muito a auto-estima e se converte em uma ferramenta importante na luta contra o sobrepeso.
 
Com o trinômio (alimentação equilibrada, exercícios físicos e estabilidade emocional) pode-se, sim, manter um peso saudável.
 

Benefícios do sexo

Que o Sexo faz bem para a saúde todo mundo sabe, mas muitos não sabem quais são esses benefícios. O sexo melhora o funcionamento do nosso sistema de defesa, melhora a aparência da pele, reduz a insônia, queima calorias, tonifica os músculos e controla o colesterol.

  • Ativa a circulação sangüínea;
  • Trabalha a musculatuta pélvica, relacionada com os músculos da bexiga, ânus, pênis e vagina – pouco movimentada normalmente. Esses músculos, quando trabalhados, permitem o maior controle do órgão sexual feminino, o que gera mais prazer;
  • Deixa a pele mais viçosa;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Alivia dores de cabeça, reumáticas e menstruais;
  • Aumenta a Imunidade;
  • Aproxima o casal;
  • Dependendo da intensidade de uma relação sexual, pode haver uma queima de 100 calorias;
  • Libera alguns hormônios como endorfinas, que dão uma sensação de relaxamento, de prazer e de harmonia.

Sua Casa

decoração para banheiros

 

Os banheiros costumam ficar em segundo plano quando o assunto é decoração. No entanto, pequenos cuidados já podem torná-los mais práticos, aconchegantes, bonitos e com aspecto maior.
 
O ambiente pode ser claro e básico, mas ganha um novo visual com detalhes coloridos (sem exagero) por meio de tapetes, vasos, toalhas. Faixas e pastilhas dão cara moderna ao ambiente. Para evitar problemas com a umidade, invista em móveis revestidos externamente com MDF, folhas de madeira, fórmica.

Quartos

A maior privacidade de uma pessoa é em seu quarto. É o lugar onde se pode descansar, ficar a vontade, fazer o que quiser, a final, se está entre “quatro paredes”.
Para ficar melhor, porque não fazer um quarto moderno ou temático, quem sabe um quarto bem colorido ou rústico, faça dele o local mais agradável e aconchegante que puder, pois como todos dizem, “é o nosso cantinho”.
 
Dicas de decoração
 
1- Para começar, observe bem a iluminação, pois, é um fator essencial. As lâmpadas amarelas são indicadas por proporcionar uma sensação de relaxamento, além de ser mais confortável à vista. Mas, antes de planejar o local da iluminação, defina antes, o posicionamento dos móveis.
 
2-Os móveis não têm muito segredo; o essencial é cama, guarda-roupas e cômoda. Suas disposições dependem do formato e tamanho do quarto. O segredo é sempre deixar passagens livres para não aparentar que seu quarto seja menor do que é.
 
3-Use cores vivas na parede que ficará atrás da cama e nas demais use tons mais claros e suaves. Cores escuras podem dar aparência de que o ambiente é pequeno.
 
4-A escolha do piso certo também influencia na decoração, ele deve ficar em harmonia com a cama, e móveis (escrivaninha e armário, por exemplo), já que na maioria das vezes são os objetos que ocupam mais espaço no quarto, e serão eles que caracterizarão o ambiente.
 
5-Para um quarto jovem, o ideal é se usar cores vibrantes, e cheia de vida com a moderação de outros tons pasteis, contrastes e simplicidade. A TV e o PC devem estar presentes nesse ambiente. A iluminação é muito importante, além da luz geral do quarto, deve-se ter uma para ler durante a noite, outra para ouvir musica, entre outros. A mobília de preferência será metálica ou de madeira simples sem grandes trabalhados, é de extrema importância haver prateleiras, pois nesta fase da vida o jovem tem muitas coisas, material de estudo, livros, CD’s, e muito mais.
 
6-Espelhos não servem apenas para conferir a aparência, na decoração eles servem para deixar um aspecto maior ao ambiente
 
7-A cama é item de maior importância, por isso escolha um modelo que combine com o restante, a cabeceira é o principal item de decoração, deve harmonizar com o estilo do quarto.
 
8-Antes de colocar a TV, pense no que vai ser ligado a ela (DVD, videogame, TV a cabo) assim você saberá como fazer a decoração, pode-se colocar a TV na parede, junto de um aparador, embutido no roupeiro ou em um painel.
 
9-Não exagere na quantidade de móveis, facilite a circulação, em quartos de solteiro encoste a cama na parede deixando o espaço maior, já no quarto de casal isso não fica bom, deixe um espaço de pelo menos 60 cm nas laterais.
 
10-Cortinas podem criar certos climas para o ambiente, por isso escolha bem que modelo usar. Panos grossos preservam a privacidade, se o seu quarto for claro, com paredes claras, você pode usar uma cortina com cor mais forte para contrastar com o resto. Mas se você quiser deixar o seu quarto com um ar leve e mais sofisticado, compre cortinas de cor clara. Persianas são muito úteis, pois podem ser abertas e fechadas sem que você tenha que puxá-las, pois isso é feito através de um sistema com corda. A de pano é muito mais bonita esteticamente falando, é mais clássica e ao prender, você pode escolher fitas para combinar, para que continue bem bonita de manhã.
 
Não tem mistério, estude o tamanho do quarto antes de escolher os móveis, uma cor legal para as paredes, uma iluminação agradável para o ambiente e decorações sem muito exagero.
 

Jardim

Os jardins dão um destaque na decoração de uma casa, quando bem montados refletem o bom gosto e a criatividade dos proprietários. Além disso, um belo jardim pode aumentar em até 30% o valor de qualquer imóvel. Para manter a harmonia de um ambiente, o jardim deve estar em sintonia com a arquitetura, localização, tamanho da casa e receber a manutenção necessária diariamente.

A primeira dica para criar um jardim residencial é seguir a tendência atual dos decoradores que é montar jardins rústicos e simples, mas que, ao mesmo tempo, dão sofisticação ao ambiente. A vantagem está em optar por um projeto viável financeiramente para a grande parte dos interessados, prático, bonito e bastante confortável.
 
Esse jardim será composto basicamente por plantas perenes, como as bromélias, sagus, formium, agaves ou palmeiras, dispostas sobre uma grama bem cuidada.
 
Para melhorar a decoração do seu jardim, você pode montar caminhos sinuosos, forrações minerais ou desidratadas com argila expandida e pedras pequenas, dando acesso a entrada principal da casa ou a um canto específico do ambiente, outra opção é investir em vasos de linhas retas, bancos de madeira e outros objetos de decoração.
 
Voltar ao Topo