Pra Você

Auto

Dicas para polir seu carro

Sempre é bom uma camada de cera para seu carro, ela ajuda a proteger a pintura contra ferrugens, sujeiras e do sol. 
 
Mas antes de usa-la veja as seguintes dicas para polir um carro:
 
 
Primeiramente faça uma limpeza profunda no carro por fora.
 
O carro deverá estar na sombra e a lataria não deve estar quente (tirar o carro do sol e colocá-lo na sombra não adianta; é preciso esperar que a lataria esfrie).
 
A cera só fará efeito quando secar, porém não deixe o produto secar por muito tempo.
 
Não passe a cera no carro inteiro para depois polir tudo.
 
Aplique-a e faça o polimento por partes (uma porta, o capô, por exemplo).
 
Passe a cera na parte escolhida com uma flanela (limpa e macia), lentamente e de forma circular.
 
Espere um tempo prudencial (ou o indicado na embalagem) e remova o produto com outra flanela limpa e seca, até o brilho aparecer. Não devem ficar restos de cera.
 
Ao terminar, dê um polimento geral.

Calibrar pneus

Pneu descalibrado pode aumentar o consumo em até 20%! A calibragem deve ser semanal e com os pneus ainda frios (rodar menos de 3km). Esqueça as "28 libras" que o frentista costuma colocar, siga o que diz o manual do veiculo.

Não está com o manual em mãos? Sem problema, procure na portinhola do bocal do tanque ou na coluna da porta por uma etiqueta do fabricante indicando a pressão correta. Se for pegar estrada, pode colocar até 10% a mais que o indicado para a carga indicada (mas, cuidado com a pressão máxima admitida pelo pneu, nunca ultrapasse 90% dela!). Na hora de comprar pneus novos, dê preferência para os modelos com menor resistência a rolagem, com eles você consumira menos combustível.

Cuidados com seu carro ao ir para praia

Quem está pensando em ir à praia deve tomar alguns cuidados para proteger o seu veículo. No litoral, o carro fica exposto a fatores que podem prejudicá-lo, como areia, sol e maresia. Por isso que a recomendação dos especialistas é fazer uma revisão antes e depois da viagem para observar se algum item foi danificado.
 
Em geral, as peças que integram a carroceria são as que mais sofrem com a infiltração de água, sal e areia. Também é comum aparecer ferrugem nos espaços entre as borrachas, nas maçanetas e nos frisos do teto e das portas.
 
Entretanto, saiba que a maresia não compromete apenas a parte externa do carro. O sistema elétrico é outro componente que pode ser danificado em sua visitinha à praia. O risco maior é dos conectores do sistema de injeção eletrônica e da bateria sofrerem oxidação e, com isso, provocarem falhas no funcionamento do motor.
 
Quando voltar para a casa, não deixe de fazer também uma manutenção na caixa de direção e nos amortecedores. Os resíduos de sal e areia podem danificar as coifas do amortecedor e gerar defeitos na suspensão do veículo. Além desse, outros problemas podem acontecer por causa da maresia.
 
Ao voltar de viagem, faça uma lavagem completa do automóvel para tirar os resíduos de maresia que geralmente se acumulam em várias partes do carro. A lavagem inclui a remoção dos bancos e dos carpetes para garantir a limpeza da parte interna. Na hora de efetuá-la, cuidado para não usar produtos que possam atacar a proteção da pintura e outros componentes do veículo.
 
Quando estiver passeando com a família, evite deixar o carro na areia da praia ou muito próximo da orla, já que a maresia pode causar oxidação na lataria.
 
Fique sempre atento aos terminais de bateria, aos filtros de ar e aos conectores elétricos em geral, observando se eles não possuem água, sal e areia.
 

Bancos de Couro

Para prolongar a vida útil do revestimento em couro dos bancos de seu carro, confira esses cuidados necessários: 

Limpeza
1 – Poeira: retirar com pano macio e seco; 
2 – Líquidos (café, leite, refrigerante, bebidas alcoólicas e água) e Produtos gordurosos (óleo, azeite, creme e chocolate): 
- remover imediatamente com pano macio e absorvente, friccionando suavemente; 
- limpar com pano levemente umedecido com água morna em solução de sabão neutro; 
- deixar secar naturalmente. 
3 – Recomendações: 
Não utilizar objetos pontiagudos e/ou abrasivos, bem como solventes e produtos agressivos na limpeza, evitando assim danos irreversíveis ao material.
 

Culinária

Espaguete à Carbonara

 

Em uma panela coloque os 4 litros de água e deixe ferver com sal, em seguida coloque o macarrão e deixe cozinhar até que fique al dente
Quando estiver pronto escorra o macarrão e coloque em uma travessa
Em uma panela, aqueça o azeite e frite os cubos de bacon
Escorra e reserve o bacon
Em uma tigela, coloque os ovos e bata-os levemente
Acrescente o creme de leite, sal, pimenta, o bacon frito e o parmesão
Misture bem
Coloque a massa na tigela e misture ao molho até incorporar bem.
 

Mousse de Maracujá com Chocolate Branco

Bata no liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o suco de maracujá e a gelatina dissolvida na água. Reserve. Esquente o creme de leite em banho maria, mas sem deixar ferver e misture o chocolate até derreter. Reserve.
 
Calda: Misture todos os ingredientes e aqueça em uma panela até engrossar. 
 
Montagem: Em um refratário grande ou em vários individuais, coloque a metade do mousse, depois o creme de chocolate e cubra com o restante do mousse. 
Decore com a calda e sementes de maracujá.
 
Rendimento: 6 porções 
Tempo: 90 minutos

Rocambole de frango recheado

Frango

 
Em uma assadeira, espalhe a manteiga pelo frango e tempere com o caldo. Cubra com papel-alumínio, leve à geladeira por cerca de 1 hora, para tomar gosto.
 
Farofa
 
Em uma panela, aqueça metade da manteiga e doure as cebolas.Acrescente o caldo, o tomilho, o biscoito, a cenoura e o restante da manteiga, misturando bem.
 
Montagem
 
Recheie o frango com metade da farofa. Com o auxílio de um barbante para uso culinário, enrole o frango como um rocambole e prenda-o bem. Cubra com papel-alumínio, leve ao forno médio-alto (200ºC),preaquecido, por cerca de 1 hora. Retire o papel-alumínio e deixe dourar por cerca de 30 minutos.
 
Finalização
 
Em uma frigideira, aqueça a manteiga, refogue as cebolas, acrescente o açúcar e deixe dourar. Coloque o frango em uma travessa e decore com as cebolas e com os ramos de tomilho. Sirva acompanhado da farofa restante.

Receita de Arroz cremoso com bacon, ervilha e batata palha

Em uma frigideira antiaderente, frite o bacon em fogo moderado até dourar
Retire com uma escumadeira e deixe escorrer sobre papel-toalha
Reserve
Em uma panela, refogue a cebola e o alho no azeite até murchar, sem deixar dourar
Acrescente o arroz e refogue por mais alguns minutos
Adicione 4 xícaras de água fervente e tempere com sal
Cozinhe em fogo moderado por 10 minutos
Quando o arroz estiver quase pronto, acrescente a ervilha (ou o milho) e o creme de leite
Misture bem, abaixe o fogo e tampe a panela
Cozinhe até o arroz ficar al dente
Retire do fogo, junte o bacon e a salsinha
Adicione a batata palha e misture
Sirva em seguida para que ela fique bem crocante

Saúde

Cuide da sua beleza enquanto dorme

 

Ter cuidados de beleza é fundamental para manter a pele jovem e bonita. Durante a noite é melhor ainda: além de proporcionar bem-estar, é o momento que nossa pele está mais preparada para receber os produtos. À noite, o metabolismo das células da pele aumenta e, por isso, ela absorve os nutrientes melhor que em qualquer outro período do dia.Graças aos avanços da indústria cosmética, é possível tratar do corpo, rosto e cabelo enquanto você desfruta de suas horas de sono. Confira a seguir o que você pode fazer em prol da sua beleza durante o sono para comece seu dia muito mais disposta e bonita!Rosto
A limpeza do rosto é fundamental. Quando a pele está limpa, ela está apta a receber os nutrientes com mais eficiência. Tonificar também é importante para eliminar aquela sujeirinha que o sabão não eliminou. Por fim, o hidratante noturno. Prefira produtos que estimulam o colágeno, além de antioxidantes como vitamina C, ácido retinóico e glicólico.
 
A produção de gordura da pele se intensifica pela noite. Se sua pele é oleosa, use um creme para diminuir os poros e controlar a oleosidade. Se você tem facilidade para cravinhos, tenha também um esfoliante suave para estimular a saída deles e prevenir o aparecimento de novos.
 
Olheiras
Use cremes específicos para olheiras na região dos olhos para amenizar a aparência pela manhã.
 
Lábios
Aproveite a noite para manter os lábios hidratados e evitar as rachaduras.
 
Corpo
Aplique um bom hidratante no corpo inteiro antes de ir para cama. Melhor ainda se o creme  unir princípios da aromaterapia: assim, você consegue acalmar a mente ao mesmo tempo em que hidrata o corpo.
 
Mãos
Depois de um dia inteiro de trabalho — expondo as mãos a vários produtos e até ao sol —, o melhor momento para cuidar das mãos é à noite, uma vez que elas vão ficar em repouso sem precisar serem lavadas. É durante a noite que os ingredientes irão agir sobre a pele. Portanto, use bons hidratantes nas mãos e não se esqueça de hidratar as unhas.
 
Pés
Não se esqueça dos pés: a noite é a melhor hora de hidratar os pés. Prefira cremes específicos rico em uréia (ativo com alto poder de hidratação).
 
Bronzeado
Se você quer ficar longe da brancura, conte com a ajuda dos autobronzeadores. Mas para que o resultado fique perfeito e o produto não meleque seu lençol, é essencial que você espalhe o autobronzeador de maneira uniforme. Espere 20 minutos e vista seu pijama. Em seguida, vá tranquila para cama, certa de que acordará com outro visual.
 
Cabelo
Existem várias marcas de leave-in noturno para hidratar o cabelo enquanto dormimos. Esses produtos contêm agentes que recuperam, nutrem e protegem as fibras capilares das agressões sofridas durante o dia. O produto pode ser aplicado sobre os fios úmidos ou secos (os cabelos não fica sebosos). E pode ficar despreocupada: o creme não mancha a fronha do travesseiro.
 
Dormir bem já é um embelezador natural, e essas dicas podem melhorar ainda mais sua auto-estima e bem-estar.

Atividade física em excesso causa acúmulo de radicais livres

Radicais livres: mais uma salada de letras que assombra aqueles que se preocupam com a boa saúde e tem na atividade física regular um meio de obtê-la. 
 
Radicais livres são frações de moléculas, fragmentos, que resultam de todo o processo da produção de energia pelo tecido muscular. Eles são extremamente instáveis e sua ativação causa lesão do tecido muscular. 
 
Embora o metabolismo exigido na produção de energia para atividade física termine na formação desses radicais, além de outras moléculas, somente o excesso de exercícios, atividade física intensa e prolongada, faz com que o seu acúmulo seja prejudicial à saúde. Excluindo carências nutricionais e doenças, basta que a atividade física seja de intensidade moderada em seu volume semanal para prevenir o problema. 
 
A atividade física intensa consiste em um consumo máximo de oxigênio e é algo extenuante. Envolve realizar um treino por um período maior do que aquele com o qual estava habituada. Outras características são fazer um treino mais extenuante do que o normal e realiza-lo mais de três vezes por semana. 
 
No entanto, se por qualquer razão você for obrigado a se submeter a um treinamento intenso, esteja preparado para os efeitos nocivos como consequências do acúmulo desses radicais que vão desde dor devido ao processo inflamatório que se estabelece até grandes destruições de tecido muscular. 
 
Entre os fatores que desencadeiam a lesão muscular pelo efeito nocivo dos radicais livres, o estresse mecânico vinculado ao excesso, é um dos mais relevantes, principalmente se resultado de exercícios musculares excêntricos. Tratam-se daqueles que vão além da capacidade do músculo de produzir energia e assim ele realiza um movimento contrário a sua ação. Um exemplo disso é o cotovelo que se abre para fora quando a pessoa carrega muito peso. 
 
Como consequência, há fadiga e perda de força que é maior do que a produzida pelos trabalhos concêntricos, movimento a favor da contração do músculo, embora estes em excesso possam trazer efeito semelhante. 
 
É fácil perceber que a persistência da alta intensidade dos exercícios de maneira continuada e prolongada leva a danos ao tecido muscular. Estes danos podem ser permanentes e se agravam com a perda natural da força e resistência ocorrida com o passar dos anos. 
 
Outro ponto principal a ser esclarecido é a ação do oxigênio, ou da falta dele. A atividade física intensa e prolongada impede o adequado aporte de oxigênio, mais uma causa de estresse na produção de energia pelo músculo. Este fenômeno leva a uma menor produção de antioxidantes como as vitaminas A, E, C e de elementos como o zinco e magnésio, essenciais no bloqueio da indesejada ação dos radicais livres. 
 
Como prevenir o problema
 
Ficou com má impressão lendo este artigo? Então vamos desfazê-la: pratique atividade física moderada e regular que seus radicais livres serão naturalmente combatidos pela produção adequada de antioxidantes e você continuará usufruindo tudo o que de bom o exercício traz para o nosso organismo. Além disso, mantenha uma dieta balanceada com grande variedade de alimentos.  

Caminhada: uma atividade simples e eficaz

 

A caminhada é uma atividade fácil de ser realizada, mas, mesmo que você caminhe todos os dias, isso não quer dizer que o faça corretamente.
  Caminhar a passos rápidos ou caminhar com força e ininterruptamente queima muito mais calorias do que a caminhada a passo normal.
 
Caminhar, principalmente para quem está iniciando um programa de atividades, é ideal para trabalhar a função cardiovascular, melhorando o nível de condicionamento físico; para ajudar na perda de peso e fortalecer os músculos das pernas e do bumbum; para reduzir a pressão sangüínea, os níveis de colesterol no sangue, o risco de doenças cardíacas, osteoporose, diabetes e o estresse. 
 
Além de poder ser feita em qualquer lugar, você pode alterar a intensidade da sua caminhada, aumentando a velocidade, percurso (subidas e descidas) ou a distância percorrida. Também é importante monitorar a freqüência cardíaca para que você possa compreender melhor como o seu corpo responde às diferentes intensidades de exercícios e, assim, realizar uma atividade segura e eficiente (trabalhe com 60% a 75% da freqüência cardíaca máxima, obtida subtraindo 220 da sua idade).
 
Quando você estiver realizando longas caminhadas de maneira fácil, poderá iniciar treinos intervalados, onde irá alternar caminhada e corrida, de preferência com acompanhamento de um professor de educação física.

Principais tratamentos para varizes

 

Dependendo do tipo de variz, existem formas de tratamento mais adequados. O importante é começar cedo, pois, quanto mais desenvolvidas estiverem as varizes, mais dolorosa e demorada vai ser a solução. 
 
Para as varizes pequenas, a escleroterapia é o método mais utilizado, e consiste na aplicação de injeções nas veias. Essas aplicações também podem ser feitas sem injeção, por laser ou radiofreqüência.
 
Para as varizes de maior calibre, o método é o da microcirurgia, que, na maioria dos casos, pode ser feita até em ambulatório com anestesia local.
 

Sua Casa

Dez dicas de decoração para quartos pequenos

1- Cores Claras
 
Cores escuras podem dar a aparência de que o quarto é ainda menor. Portanto, invista em tons claros, que conferem sensação de amplitude.
 
2- Invista em Espelhos
 
Espelhos não servem apenas para conferir a aparência. Na decoração, têm a função de proporcionar aspecto maior aos ambientes.
 
 
3- Cama
 
Gavetas na cama são uma boa opção para ambientes pequenos. Alguns modelos box já vêm com elas. Se não os encontrar, vale até apostar em um colchão box em uma cama convencional.
A cabeceira é um importante item de decoração, que deve harmonizar com o estilo do restante do projeto.
 
4- Abuse das Paredes
 
As paredes de quartos pequenos são grandes aliadas. Abuse delas com detalhes suspensos,  prateleiras e nichos colaboram com a organização.
 
5- Objetos e Roupas de Cama
 
O ambiente claro pode ganhar cores e detalhes por meio de tapetes, roupa de cama, almofadas, cadeira colorida, pufe, quadros. Tudo isso sem exagero, é claro, e com tonalidades complementares. Se enjoar do visual, basta trocar os objetos e tecidos. O aspecto muda sem que se gaste muito.
 
6- TV
 
Colocar a televisão na parede é uma opção para ocupar menos espaço nos móveis. “Mas tem de tomar cuidado com o que vai ligar nela. É importante que se pense onde colocar o DVD, o videogame, o aparelho da TV a cabo”.
 
7- Porta Retratos
 
Porta-retratos podem incrementar a decoração e reavivar memórias. É permitido investir em molduras de modelos e tamanhos diferentes, dependendo do estilo do dono do quarto.
 
8- Facilite a Circulação
 
Encher o quarto de móveis pode atrapalhar a circulação, principalmente em quartos pequenos. Recomenda-se deixar corredores de pelo menos 60 cm nas laterais das camas e em frente aos armários. “Em quartos de solteiro, vale encostar a cama na parede, porque se acaba ganhando espaço para circulação. Fazer isso com cama de casal não fica bom, já que quem dorme ao lado da parede tem dificuldade para se levantar.”
 
9- Organização
 
Quanto menor o ambiente, mais organizado ele deve ser. Objetos jogados, sem espaço para serem guardados, poluem o quarto. Por isso, os móveis precisam de um bom planejamento. 
 
 
10- Móveis
 
Os móveis do quarto podem ser de materiais variados, como madeira e laca. Portas de correr otimizam o espaço, assim como uma bancada de estudo ao lado da cama, que também tem a função de criado-mudo.
 

Cozinhas

A cozinha é um dos ambientes que mais refletem o estilo de vida de uma família. A importância que se dá na decoração de cozinha é proporcional à importância que este ambiente possui no contexto familiar.

Na hora de projetar a cozinha é importante prestar atenção ao quesito ventilação, circulação e iluminação. A cozinha não pode ser um corredor de passagem, e a iluminação natural é uma boa dica, além de ser agradável ela não distorce a cor dos alimentos.
Para cozinhas pequenas opte por cores claras para que o ambiente pareça mais amplo, a iluminação abundante ajuda a aumentar a sensação de espaço.
 
Uma das transformações mais visíveis da última década no mundo da decoração foi a incorporação da cozinha na sala tornando os dois espaços mais amplos e trazendo o espaço gastronômico para o centro das atenções: a cozinha americana.
 

Decoração com aquários

Além de representarem um hobbie, os aquários estão sendo cada vez mais usados como elementos de decoração. São excelentes para tornar o ambiente mais calmo e relaxante, conferindo beleza natural a qualquer espaço em que se encontrem.
 
As opções de aquários são muitas no mercado. Algumas lojas oferecem até mesmo a possibilidade de escolher todas as dimensões do aquário que será confeccionado, o que permite ao cliente a melhor disposição desse objeto no espaço desejado.
 
Observar peixes no aquário, dizem estudos, ajuda a aliviar o stress e a reduzir a pressão arterial. Sem contar que cuidar de um aquário também pode ser muito divertido. É importante verificar se haverá tempo e disposição dos moradores para fazer a manutenção do aquário. Alimentar os peixes, limpar o aquário e estar sempre atento à temperatura e à qualidade da água são tarefas muito importantes e que devem ser levadas a sério.
 
O aquário não só enfeita o ambiente, ele pode ganhar diferentes funções. Uma delas é ser um divisor de espaços, separando diferentes locais e, como efeito adicional, permitindo que a luz passe. Aquários mais iluminados podem inclusive ser usados para compor a iluminação do ambiente.
 
Não é preciso gastar muito dinheiro nem ocupar grandes porções de espaço (que podem não estar disponíveis) apenas para ter um aquário grande. Aquários de tamanho menor também embelezam o ambiente e são igualmente capazes de dar complemento à decoração e torná-la mais criativa e diversificada. 
 
Fonte:http://www.capitalimoveistv.com.br/noticias/31-decoracao-com-aquarios
Voltar ao Topo