Pra Você

Auto

Cuidado com os freios

 

O freio exige uma série de cuidados para funcionar perfeitamente. 
 
A primeira coisa é observar, de preferência num mecânico ou loja especializada, o estado das lonas traseiras e das pastilhas, que vã na frente (okay, sei que há carros com pastilhas na quatro rodas, mas são raros e caros!).
 
As pastilhas duram 40 000 km. Claro que se dirigir como um piloto de Fórmula 1, a duração é bem menor. De toda forma, é um número para se ter em mente.
 
Deixar a pastilha gastar até o final também pode detonar (aliás, é muito provável que) o disco de freio. Se isso acontecer, nem pense em fazer o chamado “repasse”, que consiste em lixar o disco até aplainar as saliências deixadas pelo desgaste.

Buracos

Eles estão sempre presentes na cidade ou nas estradas. Velocidades mais altas podem comprometer a possibilidade de um desvio providencial e fazer com que se perca o controle do carro, ganhando uma roda amassada ou um pneu estourado. Ao perceber que não conseguirá evitar um buraco, mantenha o volante reto e não pise bruscamente no freio. Isso fará com que a pancada seja transmitida ao pneu e não diretamente à suspensão. Pisar na embreagem evitará danos ao câmbio, mas aliviar a pressão no acelerador já ajuda a diminuir o prejuízo. 
 

Aquaplanagem

Com pista molhada, uma fina camada de água pode se formar entre os pneus e o solo, fazendo com que o carro perca a aderência e deslize sem nenhum controle. Esse problema acontece a partir dos 50 km/h, em geral, mas depende do volume de água. Se for muito grande, ela pode ocorrer até em velocidades menores, a partir dos 30 km/h. É como se você tentasse correr em uma pista de gelo. Manter os pneus em boas condições é importante para ajudar a evitar a aquaplanagem. Pneus desgastados, com sulcos que não estejam profundos o suficiente, aumentam as chances de que isso aconteça. Mas, caso aconteça, nunca pise no freio ou vire bruscamente o volante. Tire o pé do acelerador aos poucos (sempre com o veículo engrenado) e mantenha o volante reto. Quando sentir que os pneus estão voltando a ter contato com o solo, vire bem pouco e suavemente a direção para a direita e para a esquerda até sentir que o carro recuperou totalmente a aderência. 

Como tirar manchas de piches do seu carro

 

Para remover manchas de piches da lataria de seu veículo você precisa de:
 
*Querosene (encontrado em casas de produtos de limpeza) ou óleo diesel comprado em postos de combustível. 
*UM pacote de estopa ou pano. 
*Detergente neutro o de lavar louça. 
*Uma lata de cera para carro para dar brilho.
 
Como são produtos quimícos e inflamáveis tome cuidado com o manuseio, use luvas e deixe longe do alcance de crianças e animais.
 
Lave primeiro seu carro ou a parte afetada pelos respingos com detergente e água depois seque com um pano limpo e depois pegue a estopa umedeça com um pouco de querosene ou óleo diesel passe sobre as manchas e esfregue até sair e repita até sair todos os respingos depois lave novamente com detergente e depois de seco passe a cera para dar brilho,deixe a cera secar e depois tire e pronto vai ficar brilhando. Principalmente as partes baixas do carro que são bem afetadas pelo piche.
 
Recomenda-se que faça isso na sombra, não passe sobre a pintura toda só no local onde está com piche.

Culinária

Nhoque da Fortuna

 

Cozinhe as batatas em água até que estejam macias. Escorra, descasque-as e passe pelo espremedor ainda quentes. Vá acrescentando a farinha aos poucos e o sal. Amasse bem.
Coloque a massa sobre uma mesa enfarinhada e faça rolinhos.
Corte cada rolinho em pedaços de mais ou menos 2cm.
Leve ao fogo em uma panela com bastante água temperada com sal,quando a água levantar fervura vá colocando os nhoques na água até eles começarem a subir.
Coloque água fria em uma bacia e coloque o escorredor dentro da mesma, retire os nhoques já cozidos e coloque-os no escorredor para dar choque térmico.
Repita o processo até toda massa estar cozida.
Escorra bem e coloque o nhoque em um refratário, reserve.
 
Molho: Pique a cebola bem miudinha em uma panela coloque o azeite e frite a cebola,acrescente a carne e os tabletes de caldo de carne.
Mexa bem, quando a carne já estiver cozida acrescente o molho e deixe cozinhar por mais 4min.
Despeje-o sobre o nhoque salpique queijo encima e leve ao forno para gratinar.
Sirva quente e bom apetite!

Sonho de Padaria

Esfarele o fermento e junte o sal. Misture até obter um líquido. Reserve.
 
Coloque a farinha de trigo (reserve um pouco), o açúcar, as gemas, a manteiga e o fermento reservado misturado com o leite morno em um recipiente. Mexa com uma colher de pau.
 
Sove sobre superfície lisa, polvilhando com a farinha reservada.
 
Deixe descansar por aproximadamente 10 minutos.
 
Em seguida, abra a massa grosseiramente com as mãos e modele os sonhos com cortador redondo (pode ser pequeno, médio ou grande).
 
Coloque em uma assadeira retangular polvilhada apenas com farinha. Cubra com um pano e deixe dobrar de volume.
 
Frite em óleo não muito quente. Escorra. Abra ao meio com o auxílio de uma tesoura
 
Coloque o recheio e passe pelo açúcar.
 
Creme:
 
Coloque o leite (reserve um pouco), o açúcar, o amido de milho dissolvido com o leite reservado e as gemas levemente batidas. Cozinhe até engrossar (aproximadamente 5 minutos).
 
Retire do fogo e adicione as raspas de limão. Mexa.

Jujuba de goiaba

Dissolver o cremor tártaro na água
Reservar
Misturar 80g de açúcar refinado com a pectina
Descascar, retirar o miolo e picar as goiabas e as maçãs
Se necessário, juntar um pouco de água, o mínimo possível
Bater as goiabas com as maçãs no liquidificador
Levar a mistura ao fogo até atingir 40ºC
Juntar a mistura de pectina e açúcar e ferver
Juntar então a glucose e o restante do açúcar
Cozinhar até atingir 107ºC
Juntar a solução de cremor tártato e água e misturar bem
Despejar imediatamente sobre uma assadeira untada com óleo e resfriar em temperatura ambiente
Depois de fria e firme cortar em cubos e passar pelo açúcar cristal

Saúde

Como prevenir a Osteoporose

 

Algumas dicas podem ajudar na prevenção ou no controle da osteoporose:
A ingestão de cálcio é fundamental para o fortalecimento dos ossos. Adote uma dieta rica em alimentos com cálcio (leite e derivados, como iogurtes e queijos). Os médicos indicam dois copos de leite desnatado e uma fatia de queijo branco por dia;
Consuma verduras de folhas escuras, como brócolis, espinafre e couve;
Evite carne vermelha, refrigerante, café e sal;
Exponha-se ao sol de forma moderada. Os raios ultravioletas sobre a pele estimulam a produção de vitamina D, fundamental para a absorção do cálcio pelo organismo. Basta de 20 a 30 minutos de sol por dia, entre 6h e 10h;
Não fume e evite o consumo excessivo de álcool;
Independente da idade inicie um programa de exercícios (pode ser caminhada ou musculação, por exemplo). Entre outras vantagens, ajuda a fortalecer os músculos, melhorar o equilíbrio e os reflexos, evitando as quedas;
 Mulheres que entraram na menopausa devem consultar um médico para começar um tratamento especial. A partir de 45 anos, devem ser submetidas a um teste de densitometria óssea;
Obstáculos como móveis, tapetes soltos e pouca iluminação, podem facilitar quedas e, conseqüentemente, provocar fraturas em pessoas com osteoporose.

Como combater a boca seca?

Quando se fala em boca seca, geralmente tem-se a impressão de uma condição que apenas incomoda, mas trata-se de um problema que, além de ‘roubar’ todo o paladar e o sabor dos alimentos, compromete a saúde oral.
 
De acordo com Rodrigo Bueno de Moraes, cirurgião-dentista que vai coordenar o simpósio sobre “Boca seca na clínica odontológica”, durante o 30° Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, essa condição pode causar problemas graves, já que a saliva ajuda a prevenir cáries e outros problemas bucais ao limitar a proliferação de bactérias na boca e lubrificar o ambiente bucal.
 
“Além da boa escovação dos dentes e do uso de fio ou fita dental, a saliva contribui para a eliminação de algumas bactérias, bem como diminui a acidez da boca. Também ressalta o paladar e o poder das enzimas salivares de colaborar com a digestão. A boca seca – ou xerostomia – age na contramão, sendo que a pessoa pode apresentar mau hálito, lábios ressecados, dor de garganta, alteração no paladar, dificuldade na fala, dificuldade de engolir alimentos e, principalmente, aumento de cáries, infecções periodontais e inflamações gengivais – resultando na perda total dos dentes naturais caso não recorra a um tratamento adequado”, diz Bueno de Moraes.
 
Na opinião do especialista, boca seca é um fenômeno relacionado com várias situações. Merecem destaque as relacionadas com o desdobramento do uso de medicamentos ou com situações que comprometam a estabilidade da saúde (caso da respiração bucal, das doenças autoimunes e de alguns tratamentos médicos).
 
“Trata-se de um efeito colateral relacionado com mais de 700 drogas conhecidas, entre antidepressivos, anticolinérgicos, anti-hipertensivos, anti-histamínicos, anti-inflamatórios, ansiolíticos, diuréticos, analgésicos, relaxantes musculares e muitas outras. Mas, também, há fatores emocionais – como estresse – que podem desencadear xerostomia, bem como condições específicas que levam ao quadro de boca seca, como tratamento de câncer, síndrome de Sjögren, mal de Parkinson, mal de Alzheimer, Aids e até diabetes, por exemplo”.
 
Rodrigo Bueno de Moraes alerta para a importância de se procurar um cirurgião-dentista tão logo a pessoa sinta as primeiras alterações da mucosa oral, já que a boca seca pode evoluir para lesões, feridas bucais mais severas ou favorecer a perda dos dentes.
 
“Esse paciente tem de ser examinado frequentemente, porque tem um risco bastante aumentado de cáries ou de doenças das gengivas e precisa, portanto, de aplicações tópicas de flúor e manutenção de boca desinfetada para prevenir o agravamento desses quadros”.
 
Além do tratamento odontológico, o cirurgião-dentista aponta cinco ações para estimular a produção de saliva naturalmente:
 
1. Consumir alimentos que estimulam o fluxo de saliva e refrescam o hálito. São eles: rúcula, agrião, aspargos, jiló, salsão, hortelã, maçã, pêra etc.;
 
2. Reaprender o valor de mastigar bem os alimentos. Isso ajuda na produção de saliva e na digestão também;
 
3. Aumentar a ingestão diária de líquidos, dando preferência à água e aos chás de hortelã, erva-doce, boldo e carqueja. Sucos de frutas também são bem-vindos;
 
4. Se empenhar firmemente para parar de fumar, de ingerir bebidas alcoólicas e de usar drogas, porque costumam agravar ainda mais os quadros de boca seca;
 
5. Excluir da rotina a ingestão de doces muito caramelizados, como frutas em calda, balas de goma e de coco, geleias etc.
 
O especialista, por fim, chama atenção para outra questão fundamental na vida dos portadores de boca seca, que é o uso rotineiro do fio dental e de escovas com cerdas macias. “Para todas as pessoas, de modo geral, a frequência adequada dos cuidados diários de higiene bucal é de, no mínimo, duas vezes ao dia para os adultos e de três vezes ao dia para as crianças”.

5 dicas simples para emagrecer

Essas 5 dicas simples para emagrecer e perder barriga envolvem apenas mudanças de hábitos, que estão listadas por ordem de importância, começando por:
 
Dormir Bem.
Pode não ser muito óbvio mas fazer dieta em fase de muito trabalho e pouco sono é tortura. Descansar bem dá ânimo para se cumprir os compromissos e torna mais fácil resistir às tentação além de deixar o corpo mais disposto a fazer mais exercício. Em média as pessoas precisam de 6 a 8 horas de sono para descansar diáriamente.
 
Beber Muita Água durante o Dia.
A água durante as refeições não é aconselhada, por isso, se deve água até meia hora antes das refeições e esperar outra meia hora para voltar a beber água depois das refeições. A quantidade de água necessária varia de pessoa para pessoa. Beber entre 1 e dois litros de água por dia não é de mais, mas deve ser todos os dias.
 
Fazer algum Exercício Físico.
O tipo do exercício não é o mais importante. É natural que correr muito rápido emagrece mais rápidamente do que apenas caminhar, mas correr não é para todas as idades, nem para todos os joelhos, por isso se a melhor solução para todos os dias ou 3 vezes por semana é caminhar, é esse o melhor exercício físico do mundo pra você. O importante é fazer o que o corpo permite e nunca ficar parado.
 
Comer frutas e legumes.
Insira no regime alimentar frutas ou legumes em todas as refeições. Como por exemplo uma salada de frutas com iogurte ao lanche da tarde e uma salada de alface e tomate, atum e maçã ao jantar. Mesmo em pequenas quantidades durante o dias as frutas e legumes fornecem muitas fibras e vitaminas e por isso é fonte de saúde e ajuda a emagrecer e perder barriga.
 
Não ficar com Fome.
Fazer pequenas refeições a cada 3 horas pode parecer exagerado, mas é certo que a fome não aparece, as porções de comida ao poucos vão diminuindo e o peso também. Colocar lembretes no celular ou na agenda e se programar no dia anterior para os horários das refeições pode tornar essa tarefa mais fácil de cumprir.
Se emagrecer é muito difícil, pode ser importante consultar um endocrinologista para analisar se a tiróide está funcionando como deveria e um nutricionista ou médico nutrólogo pode ser consultado para estabelecer regras do regime alimentar personalizadas e assim ficar mais simples de cumprir, além de ser muito bom ter alguém mais no "time" torcendo e cobrando resultados.
 
Nos casos em que o indívíduo tem algum problema de saúde como gastrite, asma, osteoporose ou mesmo apenas uma limitação de mobilidade, a orientação e conselho dos médico para conciliar a dieta com a toma de medicamentos e a  adaptação à doença que apresenta é fundamental para que seja possível emagrecer melhorando a qualidade de vida e não o contrário.

Feche a porta de seu salão para contaminação

Você sabia, que ao compartilhar alicates, espátulas e outros materiais das manicures e estes não estiverem devidamente esterilizados você pode contrair doenças?

A Hepatite por exemplo, é uma inflamação do fígado causada por um vírus e pode ser transmitida apenas por uma gota de sangue. 

Onicomicose (micose nas unhas), é uma infecção causada por fungos, também pode ser contraída pelo compartilhamento de materiais não esterilizados. Essas são algumas das doenças mais comuns, o importante é prevenir e esterelizar todos os materiais.

Em primeiro lugar, os materiais devem ser lavados e acomodados em embalagens apropriadas, antes de passar pelo processo de esterilização. Se for em estufa, deve-se ter muito cuidado com o tempo e temperatura corretos para efetiva esterilização. O tempo para a estufa é de 1 hora à 170°C e de 2 horas à 160°C. Quem esteriliza em autoclave deve seguir as instruções de uso do fabricante, sendo o tempo essencial de 15 a 30 minutos à 121°C.

Sua Casa

decoração para banheiros

 

Os banheiros costumam ficar em segundo plano quando o assunto é decoração. No entanto, pequenos cuidados já podem torná-los mais práticos, aconchegantes, bonitos e com aspecto maior.
 
O ambiente pode ser claro e básico, mas ganha um novo visual com detalhes coloridos (sem exagero) por meio de tapetes, vasos, toalhas. Faixas e pastilhas dão cara moderna ao ambiente. Para evitar problemas com a umidade, invista em móveis revestidos externamente com MDF, folhas de madeira, fórmica.

Quartos

A maior privacidade de uma pessoa é em seu quarto. É o lugar onde se pode descansar, ficar a vontade, fazer o que quiser, a final, se está entre “quatro paredes”.
Para ficar melhor, porque não fazer um quarto moderno ou temático, quem sabe um quarto bem colorido ou rústico, faça dele o local mais agradável e aconchegante que puder, pois como todos dizem, “é o nosso cantinho”.
 
Dicas de decoração
 
1- Para começar, observe bem a iluminação, pois, é um fator essencial. As lâmpadas amarelas são indicadas por proporcionar uma sensação de relaxamento, além de ser mais confortável à vista. Mas, antes de planejar o local da iluminação, defina antes, o posicionamento dos móveis.
 
2-Os móveis não têm muito segredo; o essencial é cama, guarda-roupas e cômoda. Suas disposições dependem do formato e tamanho do quarto. O segredo é sempre deixar passagens livres para não aparentar que seu quarto seja menor do que é.
 
3-Use cores vivas na parede que ficará atrás da cama e nas demais use tons mais claros e suaves. Cores escuras podem dar aparência de que o ambiente é pequeno.
 
4-A escolha do piso certo também influencia na decoração, ele deve ficar em harmonia com a cama, e móveis (escrivaninha e armário, por exemplo), já que na maioria das vezes são os objetos que ocupam mais espaço no quarto, e serão eles que caracterizarão o ambiente.
 
5-Para um quarto jovem, o ideal é se usar cores vibrantes, e cheia de vida com a moderação de outros tons pasteis, contrastes e simplicidade. A TV e o PC devem estar presentes nesse ambiente. A iluminação é muito importante, além da luz geral do quarto, deve-se ter uma para ler durante a noite, outra para ouvir musica, entre outros. A mobília de preferência será metálica ou de madeira simples sem grandes trabalhados, é de extrema importância haver prateleiras, pois nesta fase da vida o jovem tem muitas coisas, material de estudo, livros, CD’s, e muito mais.
 
6-Espelhos não servem apenas para conferir a aparência, na decoração eles servem para deixar um aspecto maior ao ambiente
 
7-A cama é item de maior importância, por isso escolha um modelo que combine com o restante, a cabeceira é o principal item de decoração, deve harmonizar com o estilo do quarto.
 
8-Antes de colocar a TV, pense no que vai ser ligado a ela (DVD, videogame, TV a cabo) assim você saberá como fazer a decoração, pode-se colocar a TV na parede, junto de um aparador, embutido no roupeiro ou em um painel.
 
9-Não exagere na quantidade de móveis, facilite a circulação, em quartos de solteiro encoste a cama na parede deixando o espaço maior, já no quarto de casal isso não fica bom, deixe um espaço de pelo menos 60 cm nas laterais.
 
10-Cortinas podem criar certos climas para o ambiente, por isso escolha bem que modelo usar. Panos grossos preservam a privacidade, se o seu quarto for claro, com paredes claras, você pode usar uma cortina com cor mais forte para contrastar com o resto. Mas se você quiser deixar o seu quarto com um ar leve e mais sofisticado, compre cortinas de cor clara. Persianas são muito úteis, pois podem ser abertas e fechadas sem que você tenha que puxá-las, pois isso é feito através de um sistema com corda. A de pano é muito mais bonita esteticamente falando, é mais clássica e ao prender, você pode escolher fitas para combinar, para que continue bem bonita de manhã.
 
Não tem mistério, estude o tamanho do quarto antes de escolher os móveis, uma cor legal para as paredes, uma iluminação agradável para o ambiente e decorações sem muito exagero.
 

Dez dicas de decoração para quartos pequenos

1- Cores Claras
 
Cores escuras podem dar a aparência de que o quarto é ainda menor. Portanto, invista em tons claros, que conferem sensação de amplitude.
 
2- Invista em Espelhos
 
Espelhos não servem apenas para conferir a aparência. Na decoração, têm a função de proporcionar aspecto maior aos ambientes.
 
 
3- Cama
 
Gavetas na cama são uma boa opção para ambientes pequenos. Alguns modelos box já vêm com elas. Se não os encontrar, vale até apostar em um colchão box em uma cama convencional.
A cabeceira é um importante item de decoração, que deve harmonizar com o estilo do restante do projeto.
 
4- Abuse das Paredes
 
As paredes de quartos pequenos são grandes aliadas. Abuse delas com detalhes suspensos,  prateleiras e nichos colaboram com a organização.
 
5- Objetos e Roupas de Cama
 
O ambiente claro pode ganhar cores e detalhes por meio de tapetes, roupa de cama, almofadas, cadeira colorida, pufe, quadros. Tudo isso sem exagero, é claro, e com tonalidades complementares. Se enjoar do visual, basta trocar os objetos e tecidos. O aspecto muda sem que se gaste muito.
 
6- TV
 
Colocar a televisão na parede é uma opção para ocupar menos espaço nos móveis. “Mas tem de tomar cuidado com o que vai ligar nela. É importante que se pense onde colocar o DVD, o videogame, o aparelho da TV a cabo”.
 
7- Porta Retratos
 
Porta-retratos podem incrementar a decoração e reavivar memórias. É permitido investir em molduras de modelos e tamanhos diferentes, dependendo do estilo do dono do quarto.
 
8- Facilite a Circulação
 
Encher o quarto de móveis pode atrapalhar a circulação, principalmente em quartos pequenos. Recomenda-se deixar corredores de pelo menos 60 cm nas laterais das camas e em frente aos armários. “Em quartos de solteiro, vale encostar a cama na parede, porque se acaba ganhando espaço para circulação. Fazer isso com cama de casal não fica bom, já que quem dorme ao lado da parede tem dificuldade para se levantar.”
 
9- Organização
 
Quanto menor o ambiente, mais organizado ele deve ser. Objetos jogados, sem espaço para serem guardados, poluem o quarto. Por isso, os móveis precisam de um bom planejamento. 
 
 
10- Móveis
 
Os móveis do quarto podem ser de materiais variados, como madeira e laca. Portas de correr otimizam o espaço, assim como uma bancada de estudo ao lado da cama, que também tem a função de criado-mudo.
 
Voltar ao Topo