Pra Você

Auto

Como andar com carro rebaixado

O amortecedor é um componente da suspensão do veículo e é responsável pelo controle das molas para evitar balanços excessivos e garantir a segurança do automóvel e de seus ocupantes. Sinais como menor estabilidade em curvas, maior distância para a frenagem, desgastes de pneus e peças da suspensão, risco de aquaplanagem, balanço excessivo e vibrações indicam que a vida útil do amortecedor já está comprometida, assim, se você perceber qualquer anormalidade na suspensão é imprescindível que se faça uma revisão ou que se troquem as peças necessárias.
 
Para a galera que tem carro rebaixado na “brabeza” as sensações de desconforto são mais perceptíveis. Para a turma dos rebaixados o recado é claro. Não adianta ficar desesperado, a melhor maneira de se conduzir para evitar qualquer tipo de obstáculos é dirigindo com atenção, pois as ruas das grandes cidades escondem armadilhas constantes para os carros rebaixados. Evitar ruas com lombadas é uma boa solução, mesmo que para isso o trajeto se torne ainda mais longo. Desta forma pode-se estar evitando prejuízos maiores e mais caros. Cuidados básicos como estes para manter a conservação dos componentes da suspensão não podem ser esquecidos. “É completamente possível evitar maiores danos, mas arranhões e raspões são inevitáveis. E como dizem, ‘este é o preço do sucesso’”. Rodar com um carro rebaixado requer que seu dono esteja consciente dos cuidados que um rebaixado exige.
 
Entradas em garagens, valetas, buracos e lombadas (muitas das vezes irregulares) acabam surgindo como obstáculos cotidianos dificultando a vida dos carros rebaixados. A velha solução de entrar de lado nas lombadas e em guias rebaixadas pode acabar corrompendo o monobloco do carro ou sobrecarregando alguma das suspensões. Lembre-se que carros com suspensão rebaixada ficam muito próximos ao solo. Dirigir com cuidado, ficar ligado nas ruas em que se trafega e andar sempre em baixas velocidades ainda é a melhor solução para evitar surpresas desagradáveis.
 
AQUI VÃO ALGUMAS DICAS PARA SE RODAR TRANQUILO COM UM CARRO REBAIXADO.
 
1- Saídas de garagens exigem que o carro esteja com o menor peso possível, preferencialmente com o motorista apenas;
2- As valetas devem ser atravessadas em primeira marcha e sem se usar o freio. Porém, é preciso que se passe reto e devagar, acelerando apenas no fim;
 
3- Em lombadas é preciso reduzir antes e frear. Evite passar com o carro de lado para não empenar a carroceria, rachar o monobloco ou sobrecarregar a suspensão;
 
4- Caso você esteja em alta velocidade e surgir um buraco ou uma lombada as dicas são as seguintes:
a) Mantenha a velocidade constante;
 
b) Nunca freie no buraco ou na lombada. A roda parada concentra o impacto num único ponto, o que pode destruí-la para sempre e ainda danificar a suspensão.
 
c) Rodas grandes e pneus de perfil baixo precisam rolar lentamente até encostar-se ao obstáculo evitando o impacto direto e o surgimento de bolhas.
 
Essas são dicas bem úteis para se preservar a suspensão dos carros, especialmente as de carros rebaixados. As dicas estão ai, agora é só aproveitar o passeio no seu possante rebaixado.
 
Texto: Eduardo Silva.
Fotos: Divulgação – Internet.

Extintor do carro em ordem

 

O extintor de incêndio do carro não tem vida muito fácil. Apesar de ser esquecido na maioria das vezes, precisa estar sempre em bom estado para não falhar se acontecer alguma emergência. A data de validade é um dos pontos a serem verificados. Outro dado importante: para ser eficaz e evitar multas, o ponteiro do mostrador deve sempre indicar a faixa verde, o que siginifica que ainda está com carga.
 
Para quem não sabe, o equipamento direcionado para os veículos automotores tem material misto, capaz de apagar incêndios de qualquer tipo de componente (seja ele plástico, borracha ou químico). A localização padrão é no chão do carro, junto a coluna frontal direita. Em outras situações, ele também pode ficar em baixo do banco do passageiro, ou do motorista, dependendo da montadora.
O site do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo também indica algumas dicas referentes a forma correta de utilização do extintor. 
 
O ideal na hora da aplicação é manter uma distância de segurança de alguns metros. Posicione o bico de saída, direcionado para o foco do fogo e de maneira firme pressione a alavanca de disparo. Vale lembrar que o extintor de incêndio do carro é um auxiliar na hora do aperto. O melhor é, dependendo da gravidade do problema, entrar em contato rapidamente com os bombeiros e solicitar o socorro.
 

Trocas de pneus

Vamos falar a verdade. Pneu é “caro pra chuchu”. Às vezes, só se tem o dinheiro para trocar dois pneus e não os quatro, como é o ideal. Neste caso, o que fazer? 
 
A maioria das pessoas troca os pneus dianteiros. Errado. 
 
Luciano Burti foi até um campo de provas de um grande fabricante de pneu, em Paulínea, interior São Paulo, para fazer o teste. 
 
Primeiro um carro circula com os pneus carecas atrás e os novos na frente. Ao entrar numa curva, com a pista molhada o carro perde o controle. “Se estivéssemos em uma rua e não em um campo de provas, um acidente poderia ter acontecido”.
 
Agora invertemos: os pneus carecas na frente e os novos atrás. “Não acontece nada, o carro não escapa e o carro mantém a sua trajetória. Quando você opta por trocar só dois pneus, a melhor opção é colocar os novos no eixo traseiro”.

Como tirar manchas de piches do seu carro

 

Para remover manchas de piches da lataria de seu veículo você precisa de:
 
*Querosene (encontrado em casas de produtos de limpeza) ou óleo diesel comprado em postos de combustível. 
*UM pacote de estopa ou pano. 
*Detergente neutro o de lavar louça. 
*Uma lata de cera para carro para dar brilho.
 
Como são produtos quimícos e inflamáveis tome cuidado com o manuseio, use luvas e deixe longe do alcance de crianças e animais.
 
Lave primeiro seu carro ou a parte afetada pelos respingos com detergente e água depois seque com um pano limpo e depois pegue a estopa umedeça com um pouco de querosene ou óleo diesel passe sobre as manchas e esfregue até sair e repita até sair todos os respingos depois lave novamente com detergente e depois de seco passe a cera para dar brilho,deixe a cera secar e depois tire e pronto vai ficar brilhando. Principalmente as partes baixas do carro que são bem afetadas pelo piche.
 
Recomenda-se que faça isso na sombra, não passe sobre a pintura toda só no local onde está com piche.

Culinária

Saúde

Cerveja diminui em 31% os riscos de doença no coração

Boa notícia tem que ser repassada, e essa é excelente. Mesmo assim, vale ressaltar que o exagero acaba agravando as coisas e vamos lembrar que o ideal continua sendo beber menos e melhor.
 
A novidade para quem curte uma cervejinha é que: Uma pesquisa da Fondazione di Ricerca e Cura, na Itália, aponta que beber cerveja com moderação diminui os riscos de problemas cardíacos em 31%. Estudos anteriores já haviam mostrado que o vinho tinha as mesmas propriedades.
 
Os pesquisadores reuniram diversos estudos feitos no último ano sobre o assunto. Ao todo, os dados observaram o comportamento de 200 mil pessoas que bebem e os efeitos em seus corações.
 
Exagerar na gelada, entretanto, tem efeito contrário. “Quando o consumo aumenta, você vê que as vantagens desaparecem, até que o risco fica maior”, explica uma das cientistas, Simona Costanzo.

Alimentos que oferecem mais energia

Em algumas situações pertinentes do nosso cotidiano, nos deparamos com a necessidade de fazer mais esforços, o que acaba demandando mais energia. Muitas pessoas acabam recorrendo à alguma vitamina, ou até mesmo, não dando a importância devida para esse tipo de problema que poderia ser resolvido de uma maneira simples, uma dela é: Ingerindo Alimentos que oferecem energia e disposição. Por isso listamos alguns alimentos energéticos:

Ovo: ajuda na recuperação dos esforços físicos
 
Salmão: auxilia na reconstrução muscular
 
Leite: tonifica os músculos
 
Couves, Espinafres, Açaí, Cenoura, Vagem, Rabanete, Tomate, Morango, Abóbora, Repolho, Laranja, Tofu.
 

Caminhada: uma atividade simples e eficaz

 

A caminhada é uma atividade fácil de ser realizada, mas, mesmo que você caminhe todos os dias, isso não quer dizer que o faça corretamente.
  Caminhar a passos rápidos ou caminhar com força e ininterruptamente queima muito mais calorias do que a caminhada a passo normal.
 
Caminhar, principalmente para quem está iniciando um programa de atividades, é ideal para trabalhar a função cardiovascular, melhorando o nível de condicionamento físico; para ajudar na perda de peso e fortalecer os músculos das pernas e do bumbum; para reduzir a pressão sangüínea, os níveis de colesterol no sangue, o risco de doenças cardíacas, osteoporose, diabetes e o estresse. 
 
Além de poder ser feita em qualquer lugar, você pode alterar a intensidade da sua caminhada, aumentando a velocidade, percurso (subidas e descidas) ou a distância percorrida. Também é importante monitorar a freqüência cardíaca para que você possa compreender melhor como o seu corpo responde às diferentes intensidades de exercícios e, assim, realizar uma atividade segura e eficiente (trabalhe com 60% a 75% da freqüência cardíaca máxima, obtida subtraindo 220 da sua idade).
 
Quando você estiver realizando longas caminhadas de maneira fácil, poderá iniciar treinos intervalados, onde irá alternar caminhada e corrida, de preferência com acompanhamento de um professor de educação física.

Feche a porta de seu salão para contaminação

Você sabia, que ao compartilhar alicates, espátulas e outros materiais das manicures e estes não estiverem devidamente esterilizados você pode contrair doenças?

A Hepatite por exemplo, é uma inflamação do fígado causada por um vírus e pode ser transmitida apenas por uma gota de sangue. 

Onicomicose (micose nas unhas), é uma infecção causada por fungos, também pode ser contraída pelo compartilhamento de materiais não esterilizados. Essas são algumas das doenças mais comuns, o importante é prevenir e esterelizar todos os materiais.

Em primeiro lugar, os materiais devem ser lavados e acomodados em embalagens apropriadas, antes de passar pelo processo de esterilização. Se for em estufa, deve-se ter muito cuidado com o tempo e temperatura corretos para efetiva esterilização. O tempo para a estufa é de 1 hora à 170°C e de 2 horas à 160°C. Quem esteriliza em autoclave deve seguir as instruções de uso do fabricante, sendo o tempo essencial de 15 a 30 minutos à 121°C.

Sua Casa

Dez dicas de decoração para quartos pequenos

1- Cores Claras
 
Cores escuras podem dar a aparência de que o quarto é ainda menor. Portanto, invista em tons claros, que conferem sensação de amplitude.
 
2- Invista em Espelhos
 
Espelhos não servem apenas para conferir a aparência. Na decoração, têm a função de proporcionar aspecto maior aos ambientes.
 
 
3- Cama
 
Gavetas na cama são uma boa opção para ambientes pequenos. Alguns modelos box já vêm com elas. Se não os encontrar, vale até apostar em um colchão box em uma cama convencional.
A cabeceira é um importante item de decoração, que deve harmonizar com o estilo do restante do projeto.
 
4- Abuse das Paredes
 
As paredes de quartos pequenos são grandes aliadas. Abuse delas com detalhes suspensos,  prateleiras e nichos colaboram com a organização.
 
5- Objetos e Roupas de Cama
 
O ambiente claro pode ganhar cores e detalhes por meio de tapetes, roupa de cama, almofadas, cadeira colorida, pufe, quadros. Tudo isso sem exagero, é claro, e com tonalidades complementares. Se enjoar do visual, basta trocar os objetos e tecidos. O aspecto muda sem que se gaste muito.
 
6- TV
 
Colocar a televisão na parede é uma opção para ocupar menos espaço nos móveis. “Mas tem de tomar cuidado com o que vai ligar nela. É importante que se pense onde colocar o DVD, o videogame, o aparelho da TV a cabo”.
 
7- Porta Retratos
 
Porta-retratos podem incrementar a decoração e reavivar memórias. É permitido investir em molduras de modelos e tamanhos diferentes, dependendo do estilo do dono do quarto.
 
8- Facilite a Circulação
 
Encher o quarto de móveis pode atrapalhar a circulação, principalmente em quartos pequenos. Recomenda-se deixar corredores de pelo menos 60 cm nas laterais das camas e em frente aos armários. “Em quartos de solteiro, vale encostar a cama na parede, porque se acaba ganhando espaço para circulação. Fazer isso com cama de casal não fica bom, já que quem dorme ao lado da parede tem dificuldade para se levantar.”
 
9- Organização
 
Quanto menor o ambiente, mais organizado ele deve ser. Objetos jogados, sem espaço para serem guardados, poluem o quarto. Por isso, os móveis precisam de um bom planejamento. 
 
 
10- Móveis
 
Os móveis do quarto podem ser de materiais variados, como madeira e laca. Portas de correr otimizam o espaço, assim como uma bancada de estudo ao lado da cama, que também tem a função de criado-mudo.
 

Decoração com aquários

Além de representarem um hobbie, os aquários estão sendo cada vez mais usados como elementos de decoração. São excelentes para tornar o ambiente mais calmo e relaxante, conferindo beleza natural a qualquer espaço em que se encontrem.
 
As opções de aquários são muitas no mercado. Algumas lojas oferecem até mesmo a possibilidade de escolher todas as dimensões do aquário que será confeccionado, o que permite ao cliente a melhor disposição desse objeto no espaço desejado.
 
Observar peixes no aquário, dizem estudos, ajuda a aliviar o stress e a reduzir a pressão arterial. Sem contar que cuidar de um aquário também pode ser muito divertido. É importante verificar se haverá tempo e disposição dos moradores para fazer a manutenção do aquário. Alimentar os peixes, limpar o aquário e estar sempre atento à temperatura e à qualidade da água são tarefas muito importantes e que devem ser levadas a sério.
 
O aquário não só enfeita o ambiente, ele pode ganhar diferentes funções. Uma delas é ser um divisor de espaços, separando diferentes locais e, como efeito adicional, permitindo que a luz passe. Aquários mais iluminados podem inclusive ser usados para compor a iluminação do ambiente.
 
Não é preciso gastar muito dinheiro nem ocupar grandes porções de espaço (que podem não estar disponíveis) apenas para ter um aquário grande. Aquários de tamanho menor também embelezam o ambiente e são igualmente capazes de dar complemento à decoração e torná-la mais criativa e diversificada. 
 
Fonte:http://www.capitalimoveistv.com.br/noticias/31-decoracao-com-aquarios

Quartos

A maior privacidade de uma pessoa é em seu quarto. É o lugar onde se pode descansar, ficar a vontade, fazer o que quiser, a final, se está entre “quatro paredes”.
Para ficar melhor, porque não fazer um quarto moderno ou temático, quem sabe um quarto bem colorido ou rústico, faça dele o local mais agradável e aconchegante que puder, pois como todos dizem, “é o nosso cantinho”.
 
Dicas de decoração
 
1- Para começar, observe bem a iluminação, pois, é um fator essencial. As lâmpadas amarelas são indicadas por proporcionar uma sensação de relaxamento, além de ser mais confortável à vista. Mas, antes de planejar o local da iluminação, defina antes, o posicionamento dos móveis.
 
2-Os móveis não têm muito segredo; o essencial é cama, guarda-roupas e cômoda. Suas disposições dependem do formato e tamanho do quarto. O segredo é sempre deixar passagens livres para não aparentar que seu quarto seja menor do que é.
 
3-Use cores vivas na parede que ficará atrás da cama e nas demais use tons mais claros e suaves. Cores escuras podem dar aparência de que o ambiente é pequeno.
 
4-A escolha do piso certo também influencia na decoração, ele deve ficar em harmonia com a cama, e móveis (escrivaninha e armário, por exemplo), já que na maioria das vezes são os objetos que ocupam mais espaço no quarto, e serão eles que caracterizarão o ambiente.
 
5-Para um quarto jovem, o ideal é se usar cores vibrantes, e cheia de vida com a moderação de outros tons pasteis, contrastes e simplicidade. A TV e o PC devem estar presentes nesse ambiente. A iluminação é muito importante, além da luz geral do quarto, deve-se ter uma para ler durante a noite, outra para ouvir musica, entre outros. A mobília de preferência será metálica ou de madeira simples sem grandes trabalhados, é de extrema importância haver prateleiras, pois nesta fase da vida o jovem tem muitas coisas, material de estudo, livros, CD’s, e muito mais.
 
6-Espelhos não servem apenas para conferir a aparência, na decoração eles servem para deixar um aspecto maior ao ambiente
 
7-A cama é item de maior importância, por isso escolha um modelo que combine com o restante, a cabeceira é o principal item de decoração, deve harmonizar com o estilo do quarto.
 
8-Antes de colocar a TV, pense no que vai ser ligado a ela (DVD, videogame, TV a cabo) assim você saberá como fazer a decoração, pode-se colocar a TV na parede, junto de um aparador, embutido no roupeiro ou em um painel.
 
9-Não exagere na quantidade de móveis, facilite a circulação, em quartos de solteiro encoste a cama na parede deixando o espaço maior, já no quarto de casal isso não fica bom, deixe um espaço de pelo menos 60 cm nas laterais.
 
10-Cortinas podem criar certos climas para o ambiente, por isso escolha bem que modelo usar. Panos grossos preservam a privacidade, se o seu quarto for claro, com paredes claras, você pode usar uma cortina com cor mais forte para contrastar com o resto. Mas se você quiser deixar o seu quarto com um ar leve e mais sofisticado, compre cortinas de cor clara. Persianas são muito úteis, pois podem ser abertas e fechadas sem que você tenha que puxá-las, pois isso é feito através de um sistema com corda. A de pano é muito mais bonita esteticamente falando, é mais clássica e ao prender, você pode escolher fitas para combinar, para que continue bem bonita de manhã.
 
Não tem mistério, estude o tamanho do quarto antes de escolher os móveis, uma cor legal para as paredes, uma iluminação agradável para o ambiente e decorações sem muito exagero.
 
Voltar ao Topo